Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

A história da criação da Birkin Bag

Imagem
Símbolo de estilo e elegância, a bolsa é também sinônimo de status, custando de £6,700 até £100,000. Feita de couro e comercializada pela grife Hermès, é um dos itens de moda mais cobiçados pelas mulheres, além de ser um acessório frequente no guarda-roupa das celebridades. 

Curiosamente, Jane Birkin,  que foi a grande inspiração para a criação do modelo, costumava adotar em seu dia a dia um estilo simples que prezava pelo conforto. Ícone fashion dos anos 60 e 70, a atriz e cantora costumava usar apenas cestas como bolsa.


Em 1981, Jane estava viajando para Londres em um voo pela Air France, quando sentou-se ao lado de um homem. Utilizando uma bolsa improvisada, já que seu então marido Jacques Doillon tinha destruído sua cesta dois dias antes, a atriz teve problema para acomodar seus pertences, que acabaram caindo da 'bolsa' que ela tinha. O homem ao seu lado falou: 'Você deveria ter uma com bolsos'; A cantora amigavelmente disse: 'O dia que a Hermès fizer uma com …

10 filmes sobre bruxas

Imagem
1- Sortilégio de Amor (Bell, Book and Candle, 1958)

Em Nova York, a dona de uma loja de objetos de arte Gillian Holroyd (Kim Novak) é uma bela bruxa, que mora com um gato siamês, Pyewacket, que indiretamente a ajuda em seus feitiços. É com o auxílio do gato que ela lança um encanto sobre um vizinho, Shepherd Henderson (James Stewart), um editor que passa a amá-la tanto que rompe o noivado com Merle Kittridge (Janice Rule), que por sua vez é rival de Gillian desde quando ambas estavam no colégio. Entretanto Gillian perderá seus poderes se corresponder a este amor. via
2- Casei-Me Com Uma Feiticeira (I Married a Witch, 1942)

Jennifer e seu pai Daniel são queimados por bruxaria em uma fogueira, na Salem do século XVII. Enquanto ardem, Jennifer joga uma praga na família de Jonathan Wooley, o puritano responsável por suas mortes: a partir daí, todos os membros masculinos da família Wooley estão condenados a ser infelizes no casamento. Agora, estamos em 1942, na mesma cidade. Wallace Wooley …

45 clássicos da literatura que foram transformados em filmes

Imagem
Alguns escritores tiveram várias de suas obras adaptadas para o cinema, então para não ficar repetitivo, coloquei apenas uma de cada. Deixei de fora os clássicos brasileiros pois pretendo fazer uma postagem à parte sobre eles. Clique nas imagens para comprar os livros.

1- Mary Poppins


Um dos maiores clássicos infantis, Mary Poppins (1964) foi adaptado por Walt Disney tendo como base o livro de mesmo nome, escrito por P. L. Travers (Pamela Lyndon Travers), publicado originalmente em 1934. A história teve as seguintes continuações: Mary Poppins Retorna (1935), Mary Poppins Abre a Porta (1943), Mary Poppins no Parque (1952), Mary Poppins de A a Z (1962), Mary Poppins na Cozinha (1975), Mary Poppins na Rua das Cerejeiras (1982) e Mary Poppins e a Casa ao Lado (1988).




2- Laranja Mecânica

O livro de Anthony Burgess foi publicado em 1962 e ganhou uma célebre adaptação para o cinema em 1971, no filme de Stanley Kubrick. 

3- E o Vento Levou

O romance escrito por Margaret Mitchell foi publicado em…