terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Clássicos online no youtube - Parte II

Mais algumas dicas de filmes completos no Youtube! Não deixem de conferir a primeira parte com filmes variados, e também as listas específicas de clássicos de nomes como Jerry Lewis, Shirley Temple, Alfred Hitchcock e mais, na tag 'youtube'.

1- Amar Foi Minha Ruína (Leave Her to Heaven, 1945)




A bela Ellen Harland (Gene Tierney) é noiva do influente político Russell Quinton (Vincent Price). Mesmo assim, sente-se atraída pelo jovem Richard (Cornel Wilde) no momento em que o conhece e o seduz, para poucos dias depois casar-se com ele. Não demora muito e Richard descobre, a partir de relatos da irmã (Jeanne Crain) e da mãe (Mary Philips), que o egoísmo e o amor possessivo de Ellen arruinou a vida de outras pessoas. Indicado para quatro Oscars, levou a estatueta de melhor fotografia.


2- A Ladra (Whirlpool, 1949)




No desespero de encontrar uma solução para sua cleptomania, mulher acaba nas mãos de um hipnotizador mau caráter que vai utilizar-se de sua condição para fins ilícitos.


3- Como Era Verde o Meu Vale (How Green Was My Valley, 1941)


Aos 60 anos, Huw Morgan relembra sua vida quando garoto (Roddy McDowall) em uma pequena cidade mineradora. Suas reminiscências revelam a desintegração da unida família Morgan e de seus dedicados pais (Donald Crisp e Sara Allgood), enquanto capta os sentimentos e problemas daquele tempo. Maureen O’Hara e Walter Pidgeon co-estrelam este aclamado clássico das telas nesta história sobre sonhos, lutas e triunfos de uma família. Vencedor de 5 Oscar (Melhor Filme, Diretor, Fotografia em Preto e Branco, Direção de Arte em Preto e Branco e Ator Coadjuvante - Donald Crisp), este foi o filme que tirou das mãos de Orson Welles e seu precioso Cidadão Kane o prêmio de Melhor Filme daquele ano.


4- Desencanto (Brief Encounter, 1945)


Laura (Celia Johnson) e Alec (Trevor Howard) se conhecem por acaso em uma estação de trem, quando ele remove um cisco do olho dela. Ele é médico, ela é dona de casa. Ambos são de classe média, têm meia-idade e são razoavelmente felizes em seus casamentos. Em pouco tempo passam a se encontrar todas as quintas-feiras, mas apenas como bons amigos. Gradativamente surge uma paixão mútua e eles continuam a se encontrar regularmente, apesar de saberem que este amor é impossível.


5- Almas Perversas (Scarlet Street, 1945)


Um homem na crise da meia idade se aproxima de uma mulher mais nova, e o noivo dela a convence a enganá-lo de forma que ambos consigam um pouco da suposta fortuna dele.


6- A Dominadora (Harriet Craig, 1950)


Harriet Craig (Joan Crawford) é uma mulher extremamente dominadora. Entre aqueles que ela trata como objetos estão seu marido, sua prima a quem ela trata como secretária e seus empregados, que são tratados como escravos.


7- Precipícios d'Alma (Sudden Fear, 1952)


Lester Blaine (Jack Palance) é um ator em busca do sucesso que, ao tentar o papel numa peça de teatro, é sumariamente recusado pela estrela principal Myra Hudson (Joan Crawford) sob o argumento de que ele não possui o ''ar romântico'' necessário para o personagem. Arrasado, Blaine decide perseguir a atriz numa viagem de trem de Nova York a São Francisco. Seu objetivo é provar a Myra que ele é sim romântico. E para isso vai justamente tentar conquistá-la. Crawford e Palance foram indicados para o Oscar (a primeira dele na Academia).


8- A Mulher do Rio (La donna del fiume, 1954)


Quando a camponesa Nives Mongolini (Sophia Loren) descobre que está grávida, é abandonada por seu amante contrabandista Gino Lodi (Rik Battaglia). Por vigança, ela o denuncia para a polícia, além de alguns outros funcionários aduaneiros que também contrabandeavam, contando com a ajuda do oficial Enzo Cinti (Gérard Oury), que é apaixonado pela moça.


9- Eu Chorarei Amanhã (I'll Cry Tomorrow, 1955) 




Lillian Roth se torna uma estrela da Broadway e de Hollywood antes de completar vinte anos. Pouco antes de seu casamento com seu namorada de infância, David Tredman, ele morre e Lillian se torna uma alcoólatra depresiva. Depois de dois casamentos mal sucedidos e uma tentativa fracassada de suicídio, surge Burt McGuire, vem para salva-la e ajuda-la a se recuperar.


10- Suave é a Noite (Tender is the Night, 1962)


A milionária americana Nicole Warren (Jennifer Jones) tinha graves problemas psíquicos, tanto que sua irmã, Baby Warren (Joan Fontaine), era sua tutora. Nicole foi internada numa clínica na Suíça e talvez passasse lá toda sua vida, se não fosse o profissionalismo de Dick Diver (Jason Robards), um psiquiatra que em tempo recorde acabou praticamente com todos os problemas de Nicole. Mas junto com isto aconteceu outra coisa: médico e paciente se apaixonaram e se casaram. Isto desagradou F. Dohmler (Paul Lukas), o diretor da clínica, que alertou Dick que Nicole o veria como um deus até descobrir que ele era humano. Para piorar, quanto mais ela se recuperava Dick se mantinha longe da profissão, tornando-se cada vez mais dependente dela emocionalmente e financeiramente.


11- Ratos Humanos ( Tight Spot, 1955)


Nova York. Sherry Conley (Ginger Rogers), por ter sido muito mal assessorada por seu advogado e ter se envolvido com as pessoas erradas, foi condenada por um crime que não cometeu. O promotor Lloyd Hallett (Edward G. Robinson) lhe oferece redução da pena caso ela testemunhe contra o chefão do crime Benjamin Costain (Lorne Greene). Ela vai para a suíte de um luxuoso hotel e recebe uma grande proteção policial, mas mesmo assim está insegura se deve depor ou não, pois o poder de Costain é conhecido. Logo um assassino profissional invade o quarto onde Sherry está escondida.


12- O Aniversário (The Anniversary, 1968)


Uma viúva rica, extremamente manipuladora e hostil usa como pretexto seu aniversário de casamento para se reunir com seus três filhos. Um deles é casado com seis filhos, o outro está noivo e o terceiro tem determinadas "manias" que fazem dele um pervertido. Quando não pode impôr sua vontade da forma convencional, ela sempre encontra uma maneira de chantageá-los. Este aniversário não deve ser diferente, pois os filhos tomaram resoluções que não lhe agradam, sendo que ela pretende fazê-los "repensar" suas posições de qualquer maneira.


13- Seis Destinos (Tales of Manhattan, 1942)


A trajetória de um fraque que foi feito especialmente para Paul Orman (Charles Boyer), um ator de teatro, que o usa durante um encontro com Ethel Halloway (Rita Hayworth), sua amante. John Halloway (Thomas Mitchell), o marido de Ethel, atira em Paul. O fraque fica com um estrago e é vendido com desconto para Harry Wilson (Cesar Romero), que está noivo. Porém quando Diane (Ginger Rogers), sua noiva, descobre que ele não se portou dignamente decide se casar com George (Henry Fonda), o melhor amigo de Harry. Assim o fraque vai parar em uma loja de roupas usadas e é comprado por Elsa Smith (Elsa Lanchester), que é casada com Charles Smith (Charles Laughton), um compositor que vai usar o fraque na noite em que regerá sua primeira sinfonia. Como está muito apertado, o fraque se rompe durante a execução da peça, quase estragando o debut de Charles. O fraque é costurado e doado para um missão beneficente, onde o gentil administrador o cede para que Larry Browne (Edward G. Robinson), um homem bom mas bastante pobre, possa ir a 25ª reunião dos colegas de faculdade. Esta noite irá provocar uma virada na vida de Larry.


14- Crepúsculo Vermelho (The Journey, 1959)


Budapeste, novembro de 1956. Uma revolta força a União Soviética a uma intervenção militar. Diana Ashmore (Deborah Kerr), uma inglesa divorciada, tenta tirar do país Paul Kedes (Jason Robards), um húngaro com quem está envolvido. Ele está com um passaporte inglês falso e foi ferido durante a rebelião, sendo que se for pego novamente será o seu fim, pois no passado já tinha sido torturado pelos russos. Entretanto ela tem de enfrentar o major Surov (Yul Brynner), um oficial soviético que submete todo seu grupo a uma série de entraves burocráticos, procurando de toda forma achar algum fugitivo. Além disto ele se sente atraído por Diana.


15- Tudo Que o Céu Permite (All That Heaven Allows, 1955)


Cary Scott (Jane Wyman) é uma respeitável viúva da alta classe média, que sente-se frustrada mas reencontra o amor ao se apaixonar por Ron Kirby (Rock Hudson), seu jardineiro. Apesar de ser 15 anos mais velha e ter um casal de filhos já crescidos, ela decide assumir esta paixão. Entretanto Cary encontra preconceito em vários de seus amigos íntimos e até mesmo nos filhos, que não aceitam que a mãe tenha tal relação.


segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

#01 Você indica: Rodrigo Veninno

Quadro novo aqui no blog! A partir de hoje, todas as segundas-feiras, teremos um convidado diferente indicando 10 filmes que considera imperdíveis, e dizendo o motivo desta indicação. O primeiro convidado é meu amigo Rodrigo, dono do Blog Os Anos Perdidos e da página Lost in the 60's - 90's


1- Sob o Sol da Toscana (Under the Tuscan Sun, 2003)

'É o filme da minha vida, me ajudou a superar vários momentos difíceis e me identifico muito com Frances, somos parecidos em vários aspectos e acho que é o filme que mais vi na vida, virando inclusive piada entre os meus amigos.'


Sinopse: Frances Mayes (Diane Lane) é uma escritora que leva uma vida feliz em San Francisco, até que se divorcia de seu marido. Triste e deprimida, ela decide mudar radicalmente de vida e compra uma chácara na Toscana, para descansar e poder terminar em paz seu novo texto. Porém enquanto ela cuida da reforma de sua nova casa acaba conhecendo um novo homem, que reacende sua paixão. DVD

2-. Em Algum Lugar do Passado (Somewhere in Time, 1980)

'É o segundo filme que mais vi na vida e é o meu romance favorito, adoro a trilha sonora composta por John Barry, ouço sempre que posso, adoraria viajar no passado, para encontrar alguém.'



Sinopse: Universidade de Millfield, maio de 1972. Richard Collier (Christopher Reeve) é um jovem teatrólogo que conhece na noite de estreia da sua primeira peça uma senhora idosa, que lhe dá um antigo relógio de bolso e diz: "volte para mim". Ela se retira sem mais dizer, deixando-o intrigado. Chicago, 1980. Richard não consegue terminar sua nova peça, decide viajar sem destino certo e se hospeda no Grand Hotel. Lá visita o Salão Histórico, repleto de antiguidades, e fica encantado com a fotografia de uma bela mulher, Elise McKenna (Jane Seymour), que descobre ser a mesma que lhe deu o relógio. DVD

3- A Estranha Passageira (Now, Voyager, 1942)

'Meu filme com Bette Davis favorito, eu o amo por vários motivos, o principal é pelo fato de mesmo Charlotte Vale se transformando fisicamente, seus problemas emocionais e internos, não desapareceram como um passe de mágica e ela então torna-se valente e passa a enfrentá-lo.
“Não peça a Lua, nós temos as estrelas” meu final favorito de filme.'



Sinopse: Uma filha é controlada pela mãe, que lhe determina tudo que deve fazer. Um dia um famoso psiquiatra vai na sua casa e a vê prestes a ter um ataque de nervos. O psiquiatra lhe recomenda algumas semanas em uma casa de repouso, que ele administra. Quando ela sai da clínica faz uma viagem de navio até o Rio de Janeiro e, na viagem, sente-se altamente atraída por um homem casado, que tem sentimentos recíprocos. Ao voltar para casa ela é uma mulher muito diferente, que agora age e pensa por conta própria, não aceitando mais as imposições da mãe.

4- Os Sinos de Santa Maria (The Bells of St. Mary's, 1945)
'Um dos filmes mais tocantes que já vi, choro todas as vezes que vejo, é um filme singelo, simples, acalentador e que infelizmente é um tipo de filme que não é mais comum nos dias de hoje.'




Sinopse: Designado como pároco em uma escola católica no centro da cidade, o Padre Chuck O'Malley (Bing Crosby) precisa trabalhar com a dedicada, mas teimosa, diretora, a Irmã Mary Benedict (Ingrid Bergman). Apesar dos desentendimentos entre os dois e do padre achar que a escola deve ser fechada para os alunos irem a um instituto mais moderno, ambos trabalham juntos na tentativa de salvar a escola com a ajuda de um homem de negócios que comprou o edifício em frente ao colégio. DVD

5- Um Anjo caiu do Céu (The Bishop's Wife, 1947)
'Outro filme singelo que amo muito e choro também, tão caloroso, tão ingênuo, minha cena favorita é a da Loretta Young parada na frente de uma vitrine, apreciando um chapéu que ela não pode comprar, essa cena mexe muito comigo.'



Sinopse: O bispo episcopal Henry Brougham (David Niven) tem por meses trabalhado nos planos para uma nova catedral, que será paga por uma caprichosa e teimosa viúva, Agnes Hamilton (Gladys Cooper). Henry se distanciou de sua família, pois se tornou um religioso em primeiro lugar. Dudley (Cary Grant), um anjo, é enviado pelo céu para ajudá-lo. Dudley ajuda a todos que encontra, mas não do jeito que eles preferem. Todos amam Dudley exceto Henry, que se sente ameaçado pois sua mulher, Julia (Loretta Young), está sempre na companhia dele e se mostra cada vez mais feliz. Além disto a filha do casal, Debby (Karolyn Grimes), também adora Dudley e Henry acha que Dudley pode querer tomar seu lugar. DVD

6- Ninotchka (1939)

'É um filme bobo, ingênuo e que me faz bem, adoro filmes despretensiosos.'


Sinopse: Nina Yakushova (Greta Garbo), comissária do governo soviético, é mandada a Paris para averiguar o comportamento de três representantes do governo que têm como missão negociar uma jóia. Aos poucos sucumbe ao capitalismo e a Leon d'Algout (Melvyn Douglas), um galanteador francês que está apaixonado por ela.

7- Chocolate (Chocolat, 2000)
'Foi indicado pela dona desse blog (rsrsrsrs0 e desde então tornou-se um dos filmes mais inspiradores da minha vida.'


Sinopse: Vianne Rocher (Juliette Binoche), uma jovem mãe solteira, e sua filha de seis anos (Victorie Thivisol) resolvem se mudar para uma cidade rural da França. Lá decidem abrir uma loja de chocolates que funciona todos os dias da semana, bem em frente à igreja local, o que atrai a certeza da população de que o negócio não vá durar muito tempo. Porém, aos poucos Vianne consegue persuadir os moradores da cidade em que agora vive a desfrutar seus deliciosos produtos, transformando o ceticismo inicial em uma calorosa recepção.

8- Peggy Sue, Seu Passado a Espera (Peggy Sue Got Married, 1986)

'Esse filme me toca profundamente, me faz questionar o que eu faria se tivesse a oportunidade de revisitar o meu passado e se eu teria coragem de mudar qualquer coisa, é um dos filmes que guardo com muito amor no coração.'



Sinopse: Mulher de 43 anos (Kathleen Turner) à beira do divórcio desmaia e volta no tempo (de 1985 para 1960) e vê, entre outras coisas, seu namorado com quem vai se casar e se separar 25 anos depois. Surge então uma questão: se ela vai se separar, deve se casar ou não? Nesta volta no tempo ela tem a oportunidade de transformar o curso da sua vida. DVD

9- A Rosa Púrpura do Cairo (The Purple Rose of Cairo, 1985)'Aquele final solitário... já aconteceu comigo uma vez e eu estava vendo Blue Jasmine... do Woody (Ironicamente)'



Sinopse: Em área pobre de Nova Jersey, durante a Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez "A Rosa Púrpura do Cairo" acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

10- Noites de Cabíria (Le notti di Cabiria, 1957)

'Cabíria... tão fácil amá-la, se identificar com ela e torcer por ela.. E aquele final que ao mesmo tempo é um soco no estômago, mas que traz uma pequena chama de esperança... como não se deixar tocar?'


Sinopse: Cabíria (Giulietta Masina) é uma jovem romântica e ingênua que se prostitui para sobreviver. Mesmo enfrentando muitas dificuldades, ela demonstra uma confiança impressionante e sonha com o verdadeiro amor enquanto sofre constantes desilusões amorosas. DVD

domingo, 4 de dezembro de 2016

Gifs de Marilyn Monroe

Confira abaixo uma seleção de gifs da diva:

Em Quanto Mais Quente Melhor (Some Like It Hot, 1959) via




Em Os Desajustados ( The Misfits, 1961) via



Em Almas Desesperadas (Don't Bother to Knock, 1952) via


Em Os Homens Preferem as Loiras (Gentlemen Prefer Blondes, 1953) via







Mandando Beijos, 1950s





Em Como Agarrar Um Milionário (How To Marry a Milionaire, 1953) via







O Inventor da Mocidade (Monkey Business, 1952) via


Em O Mundo da Fantasia ( There’s No Business Like Show Business , 1954) via


Homenagem feita pelo tumblr ourgirlmarilyn  


Em Torrente de Paixão (Niagara, 1953) via




Em seu casamento com Arthur Miller, 1956 via





Em Nunca Fui Santa/ Bus Stop, 1956 via




Em O Pecado Mora ao Lado (The Seven Year Itch, 1955)




Em Adorável Pecadora (Let's Make Love, 1960)



Em Nova York, 1955 via



Com Jane Russell para gravar as mãos e o autógrafo no Gramaun's Chinese Theatre, 1953 via



Cantando para os soldados na Coréia, 1954 via



Durante as gravações do inacabado Something's Got To Give, 1962 via