quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Lançamentos Classicline - Outubro de 2015

Confira abaixo os lançamentos de dvds da Classicline do mês de outubro! Para estar sempre por dentro de todas as novidades, curta a página no facebook.

A Marca da Maldade (Touch Of Evil, 1958)


Ramon Miguel Vargas (Charlton Heston) é um chefe de polícia mexicano que está em lua-de-mel com sua mulher Susan Vargas (Janet Leigh) numa cidadezinha fronteiriça com os EUA. Quando um crime acontece, Ramon se confronta diretamente com Hank Quinlan (Orson Welles), o capitão da polícia local corrupto, tirânico e com um registro de prisão perfeito. Vargas suspeita que Quinlan plantou provas para realizar suas prisões, e ele não deixará que isso aconteça novamente. Quinlan, cuja obsessão com a justiça é motivada pelo assassinato de sua esposa, é igualmente determinado a manter Vargas fora de seu caminho, e ele faz um acordo com o chefe do crime local Uncle Joe Grandi (Akim Tamiroff) para encriminar Susan, levando a uma das muitas sequências verdadeiramente angustiantes do filme. “Expressionista ao extremo, cheio de sombras, ângulos e fioreios cinematográficos, o filme leva o ambiente pesadelo usual de filme noir para um nível que poucos outros filmes tentaram” (Rotten Tomatoes).

Cimarron, 1960


Quarenta anos da história norte-americana, em um período compreendido entre 1889 e 1929, são vistos através dos olhos de Yancey Cravat, um editor de jornal e o homem da lei de Oklahoma. Em 1889, o advogado, ex-jornalista e aventureiro Yancey “Cimarron” Cravat (Glenn Ford) se casa com Sabra Cravat (Maria Schell) e resolve retornar ao Oeste, tentando conseguir as terras com as quais sonhara construir um rancho e criar gado, aproveitando a “Corrida do ouro” iniciada com a concessão do governo americano de vários hectares de Oklahoma para a colonização.

Durango Kid - A Caverna do Diabo (Streets Of Ghost Town, 1950)


O Durango Kid Steve Woods (Charles Starrett) , Smiley (Smiley Burnette), e o Xerife chegam à mina de uma cidade fantasma procurando ouro desaparecido. Em FIashback, Steve conta a história de Bill Donner (George Chesebro), um ladrão que traiu seus próprios parceiros de gangue para manter para si a fortuna roubada. Donner, agora cego e na cadeia, se recusa a dizer onde está o ouro escondido.

O Horizonte Perdido (Lost Horizon, 1973)


Durante uma tempestade, um avião cai em algum lugar do Himalaia. Em busca de ajuda, os sobreviventes acabam encontrando um mundo estranho e maravilhoso chamado Shangri-la, onde arte, cultura e o conhecimento da humanidade são tratados como tesouros. Em Shangri-la, os sobreviventes aprenderão que existe a eterna juventude, a felicidade plena – e, para alguns, o amor verdadeiro. Baseado no clássico de James Hilton e com um elenco de grandes e premiadas estrelas, Horizonte Perdido é uma re lmagem do clássico de Frank Capra. Esta versão remasterizada inclui músicas de Burt Bacharach, e seqüências restauradas da versão originalmente lançada nos cinemas.

No Tempo das Diligências (Stagecoach, 1939)


A história se passa em uma viagem de diligências em todo o Oeste. Liderados pelo Ringo Kid (Wayne), a diligência é preenchida com um número de pessoas que não têm nada em comum e se unem ao longo de sua viagem, uma vez que eles têm que lutar através de desastres naturais e ataques por bandidos e índios. O filme está cheio de ação emocionante e bela fotografia, bem como esboços do personagem surpreendentemente detalhados, que facilmente se torna um dos maiores faroestes já filmados. Além de quatro indicações, incluindo melhor diretor e melhor filme, Thomas Mitchell ganhou um Oscar por sua interpretação do alcoólatra Dr. Josias Boone, e a trilha sonora também ganhou um Oscar.

O Sombra (The Shadow, 1940)


Sombra é um seriado dividido em 15 capítulos. Foi dirigido por James W. Horne e estrelou Victor Jory e Veda Ann Borg, veiculando nos cinemas estadunidenses a partir de 2 de janeiro de 1940. Baseia-se na clássica série de rádio e revistas, apresentando o personagem O Sombra, criado por Maxwell Grant (pseudônimo de Walter B. Gibson). Em suas aventuras, O Sombra enfrenta um vilão conhecido como O Tigre Negro, que tem o poder de tornar-se invisível e está tentando dominar o mundo com o seu raio da morte.

Capítulos

• A Cidade Condenada
• O Sombra Ataca
• O Perigo Do Sombra
• Na Cova Do Tigre
• Guerra No Ar
• O Alçapão Do Sombra
• Onde O Horror Espera• A Sombra No Trem
• O Diabo Branco
• O Alçapão Subterrâneo
• Noite No Bairro Chinês
• A Máquina Da Morte
• As Rodas Da Morte
• O Quarto Misterioso
• O Sombra Fecha O Cerco

Papai Pernilongo (Daddy Long Legs, 1955)


O despreocupado milionário americano de meia-idade Jervis Pendleton III (Fred Astaire) se encanta com a graciosa jovem órfã de 18 anos, Julie Andre (Leslie Caron). Ele então resolve ajudar a moça anonimamente através do consulado, lhe oferecendo uma bolsa de estudos completa. Apesar de não conhecê-lo, as outras crianças o descrevem para Julie como um “velho de pernas longas, como um pernilongo”, ela passa a lhe escrever mensalmente, chamando-o de “Papai Pernilongo”. Jervis não lhe responde e se esquece da garota, mas seus empregados Griggs e Alícia se comovem com as cartas e querem que o patrão escreva em resposta. Jervis então finalmente lê as cartas (depois de dois anos) e resolve se encontrar com a garota através da sobrinha, que é amiga da garota, sem lhe dizer que é o seu benfeitor anônimo.

Violetas Imperiais (Violetas Imperiales, 1952)


Durante um passeio por Sacromonte, a cantora e cigana Violeta (Carmen Sevilla) lê a mão da bela jovem Eugênia de Montijo (Simone Valère), onde vê que um dia ela se tornará imperatriz. Algum tempo depois, Violeta se muda para Paris, onde se estabelece como criada pessoal de Eugênia, agora imperatriz da França e casada com Napoleão III (Louis Arbessier). Junto a Eugênia, vive seu primo, Don Juan de Ayala (Luis Mariano), um belo galanteador que, ao se apaixonar a primeira vista por Violeta, resolve conquistar o seu coração de cigana.

Box Grandes Épicos - Volume 4



Disco 1 - Demetrius e os Gladiadores (Demetrius and the Gladiators, 1954)


Essa seqüência de O Manto Sagrado continua acompanhando a história de Demetrius (Victor Mature), o escravo grego que, após a morte de seu mestre, é sentenciado a viver como gladiador. Sua fé cristã será testada nas arenas e em seu coração neste épico repleto de ação.

Disco 2 - Sodoma e Gomorra (Sodom and Gomorrah, 1962)


A saga de Lot (Stewart Granger), homem justo e sobrinho de Abraão, que retira o povo hebreu do deserto e os conduz a duas cidades: Sodoma e Gomorra. Lá, este povo será dominado pelas tentações e pelo pecado. Lot, como líder, tentará salvá-los do castigo de Deus.

Disco 3 - Barrabás (Barabba, 1961)


História fictícia sobre Barrabás, baseada no Novo Testamento, quando Poncio Pilatos, pela vontade do povo, liberta Barrabás (Anthony Quinn), um ladrão e assassino, no lugar de Jesus Cristo. Apesar de sua saída da prisão, o evento o persegue pelo resto da vida.

Box O Melhor do Western (Décadas de 30 e 40)


Disco 1 - Duelo Ao Sol (Duel in the Sun, 1946)


Pearl Chavez (Jennifer Jones) é uma jovem que ca órfã e é enviada a uma grande fazenda de gado no Texas e ca aos cuidados de um rancheiro.
Sua beleza logo a faz ser disputada pelos irmãos McCanles, o rude e despreocupado Lewton (Gregory Peck) e o advogado Jesse (Joseph Cotten).

Disco 2 - No Tempo Das Diligências (Stagecoach, 1939)
A história se passa em uma viagem de diligências em todo o Oeste. Liderados pelo Ringo Kid (John Wayne), a diligência é preenchida com um número de pessoas que não têm nada em comum e se unem ao longo de sua viagem, uma vez que eles têm que lutar através de desastres naturais e ataques.

Disco 3 - Sangue De Heróis (Fort Apache, 1948)


Dirigido por John Ford. Após o fim da Guerra Civil e ter sido adido militar na Europa, o veterano e respeitado tenente-coronel Owen Thursday (Henry Fonda) é enviado para o Fort Apache, um posto avançado da cavalaria, até então sob o comando do capitão Kirby York (John Wayne).

Lançamentos Obras-Primas do Cinema - Setembro de 2015

Por conta de um problema no meu computador, não pude colocar antes os lançamentos do mês de setembro da Obras-Primas do Cinema, desculpem o atraso. Vale a pena conferir! Para estar sempre por dentro de todas as novidades, siga a página deles no facebook.

Charity, Meu Amor (Sweet Charity, 1969)



Filme estadunidense de 1969 dirigido e coreografado por Bob Fosse (Cabaret). O roteiro é de Neil Simon e foi baseado no espetáculo homônimo de 1966, igualmente coreografado por Fosse, que por sua vez conta uma história inspirada em Noites de Cabiria de Federico Fellini. Recebeu 3 indicações ao Oscar e outra ao Globo de Ouro.
Charity é uma dançarina de cabaré que passa por maus bocados na vida amorosa. Sempre otimista, ela procura encontrar o verdadeiro amor, mas sempre se envolve com os homens errados. Quando conhece o tímido Oscar, ela finalmente acredita que sua sorte irá mudar.

Extras: Dos Palcos Para Tela; A arte do Exagero; Final Alternativo; Trailer Original.


Assista o teaser:  


É possível encontrar o dvd nas melhores lojas do ramo, tais como Livraria Cultura, 2001 Vídeo e Colecione Clássicos.


Coleção Dose Dupla - Ingrid Bergman


Uma das atrizes mais talentosas e queridas do cinema, Ingrid Bergman fez excelentes filmes durante sua carreira, e ganha agora uma edição especial com dois longas que merecem ser vistos por qualquer apreciador de seu trabalho.

A Visita (The Visit, 1964)


Karla Zahanassian, uma mulher rica retorna para a aldeia decadente da qual tinha sido forçada a abandonar anos antes. Ela havia tido um filho com Serge Miller que negou a paternidade. Seu objetivo com esta “visita” é realizar um desejo e fazer um acordo com os moradores, em troca de uma grande soma de dinheiro.

Flor de Cacto (Cactus Flower, 1969)


Toni Simmons, funcionária de uma loja de discos, tenta um suicídio frustrado quando seu amante Julian lhe diz que é casado e pai de três filhos. Quando Julian sente que vai perder Toni novamente, lhe propõe casamento, mas pede um tempo para conversar antes com a mulher. Então, Julian pede à sua secretária, e que o ama secretamente, que finja ser sua esposa.

Extras: Curta-metragem “Let’s go to the Movies (1949)”, Trailers.


Assista o teaser: 



Vendas em breve, nas melhores lojas do ramo.


Páginas da Vida (Full House, 1952)


Antológico filme hollywoodiano, composto por cinco histórias baseados nos contos de O. Henry. Produzido por André Hakim e dirigido por cinco grandes mestres da época, Henry Hathaway, Howard Hawks, Henry King, Henry Koster, Jean Negulesco. A trilha sonora foi composta por Alfred Newman e o filme é narrado pelo autor John Steinbeck, que faz uma rara aparição em câmera para introduzir cada história.

- O Policial e o Hino (The Cop and the Anthem)


Um sem-teto fica frustrado pelas inúmeras tentativas de ser preso e encarcerado por 90 dias em uma cela quente ao invés de enfrentar os rigores de um inverno de Nova Iorque.

Direção: Henry Koster – Estrelando: Charles Laughton, Marilyn Monroe e David Wayne.

- O Toque do Clarim (The Clarion Call)


Um detetive da Policia de Nova Iorque tem uma crise de consciência quando fica dividido entre o dever de prender um amigo de infância por um crime que só ele sabe e a dívida de honra que ainda tem para com o amigo.

Direção: Henry Hathaway – Estrelando: Dale Robertson e Richard Widmark.

- A Última Folha (The Last Leaf)


Uma jovem ingênua pega pneumonia depois de ser seduzida e abandonada por ator venal. Quando perde a vontade de viver, sua irmã e um excêntrico artista de Greenwich Village tentam ajudá-la a sobreviver.

Direção: Jean Negulesco – Estrelando: Anne Baxter, Jean Peters e Gregory Ratoff.

- O Resgate do Chefe Vermelho (The Ransom of Red Chief)


Dois vigaristas trapalhões sequestram o filho de um xerife rural, mas começam a achar que pegaram mais do que podem lidar.

Direção: Howard Hawks – Estrelando: Fred Allen, Oscar Levant e Lee Aaker.

- O Presente dos Reis Magos (The Gift of the Magi)


Um jovem casal pobre luta para pagar presentes de Natal dignos de seu amor.

Direção: Henry King – Estrelando: Jeanne Crain e Farley Granger.

Extras: Outros curtas de O. Henry; Vida e obra de O. Henry; O Museu O. Henry.


Assista o teaser: 


Clique aqui para comprar.

domingo, 20 de setembro de 2015

Cleópatra no Cinema



Cleópatra sempre foi retratada nas telas por atrizes estonteantes, como Vivien Leigh e Elizabeth Taylor, criando um mito na cultura popular sobre sua enorme beleza, e até mesmo sobre sua extrema vaidade, com hábitos excêntricos como banhos com leite de cabra. Entretanto, embora fosse  de fato extremamente sedutora, a Rainha do Egito, ao contrário do que muitos imaginam, não era uma mulher bonita. O fascínio que exercia sobre os homens devia-se a sua vívida personalidade e a sua incrível inteligência, capaz de fazer com que seus objetivos fossem alcançados frequentemente. Era bastante sábia e visivelmente mais culta do que as outras mulheres de sua época, além de ser fluente em seis idiomas: persa, árabe, aramaico, etíope, egípcio e somali. Apesar de sua devoção e admiração pelo povo que governava, Cleópatra não era egípcia de sangue, tendo sido descendente de gregos, macedônios e persas. Chamava a atenção por sua grande habilidade política, por seus métodos criativos e por sua audácia, características que fizeram dela uma grande rainha, capaz de tudo para proteger seu país. 

Busto de Cleópatra

Algumas das versões mais importantes para o cinema: 

Cleópatra foi interpretada pela primeira vez no cinema por Jeanne d'Alcy em um filme de dois minutos de Georges Méliès. chamado 'Cléopâtre', de 1899. O filme foi considerado perdido por muitos anos, tendo sido redescoberto apenas em 2005. Em 1908, foi a vez de Florence Lawrence interpretar a rainha em 'Antony and Cleopatra'. Helen Gardner viveu Cleópatra no filme de mesmo nome, em 1912. Assista ao filme completo aqui.



Theda Bara foi a protagonista de 'Cleopatra' em 1917. Embora a grande maioria do filme tenha sido perdida, é possível ver algumas partes aqui.


Dirigido por Cecil B. de Mille, 'Cleopatra' (1934) foi estrelado por Claudette Colbert.


Vivien Leigh a representou no filme 'Caesar and Cleopatra', em 1945.


María Antonieta Pons interpretou a rainha no filme mexicano 'La Vida Intima de Marco Antonio y Cleopatra' (A Vida Íntima de Marco Antônio e Cleópatra, 1947).


Rhonda Fleming viveu Cleópatra em 'A Serpente do Nilo' (Serpent of the Nile, 1953).


Também em 1953, Sophia Loren fez o filme 'Due Notti com Cleopatra' (Duas Noites Com Cleópatra).


Provavelmente a versão mais conhecida, 'Cleopatra' (1963) deu a Elizabeth Taylor não apenas a oportunidade de interpretar uma das mais poderosas mulheres da história, como também a tornou a atriz mais bem paga até então, ganhando a inédita quantia de 1 milhão de dólares.


Hildegard Neil a representou em 'Antony and Cleopatra' (Á Sombra da Pirâmide, 1972), atuando ao lado de Charlton Heston.


Feito exclusivamente para a tv, 'Cleopatra' (1999), traz Leonor Varela como protagonista.


Em 2007, Cleópatra ganhou uma produção brasileira de mesmo nome, estrelado por Alessandra Negrini.


quinta-feira, 10 de setembro de 2015

10 sites confiáveis para comprar dvds, blu-rays, livros e objetos de cinema

Quem não costuma comprar online, muitas vezes tem dificuldade em encontrar sites confiáveis, receando dar seus dados ou pagar e não receber o produto. Abaixo vocês encontrarão uma pequena lista com locais conhecidos e confiáveis para comprar filmes, livros e até mesmo objetos relacionados ao cinema. A ordem da lista é aleatória, não está de acordo com a minha preferência. Colocarei algumas imagens ilustrativas de alguns produtos interessantes de cada loja, com os devidos links para quem quiser comprar.

1- Submarino


Uma das lojas virtuais mais conhecidas e confiáveis, o Submarino oferece uma grande variedade de filmes, livros e até mesmo alguns objetos decorativos, como almofadas, quadros.. 




Com produtos bastante similares aos do Submarino, a Americanas é uma das opções mais confiáveis e diversificadas para os fãs de cinema clássico, possuindo filmes, livros e alguns objetos decorativos. 




O Ponto Frio é uma ótima opção pois, além da variedade de produtos, oferece um frete que costuma ser mais baixo do que o das demais lojas, especialmente para Rio de Janeiro e São Paulo.


4- Extra


Com estoque bastante semelhante ao do Ponto Frio, o Extra é uma boa escolha para quem procura bons preços de filmes e livros, além de 'fofurinhas' decorativas. Outra loja basicamente igual a estas duas e igualmente confiável é a Casas Bahia.



A loja é especializada em filmes e oferece uma extensa lista de títulos, inclusive filmes um pouco mais difíceis e raros, além de ter sempre os lançamentos do mercado. O único porém é o preço, que costuma ser um pouco alto, embora haja frequentemente promoções.



Livraria renomada, a Saraiva também é uma boa opção para quem quer comprar filmes e livros, principalmente pela internet, onde os preços costumam ser menores do que os da loja física. A loja é bastante confiável, porém os preços dos produtos variam, estando ou muito mais caros que nas outras lojas ou com excelentes promoções, é preciso pesquisar antes de comprar. 

4- The Biography Channel - Grace Kelly;



A Livraria Cultura é uma das lojas mais completas para quem ama filmes e livros, possuindo a vantagem de ter muitos produtos importados, obviamente por um preço maior do que o encontrado la fora, mas ainda assim uma boa opção para quem não quer se arriscar a comprar em sites internacionais. 

4- Dvd Pacto de Sangue Edição Especial;



Book Depository é um site internacional, porém que entrega para todo o mundo com frete grátis, então torna-se uma excelente pedida para quem não encontra determinados livros por aqui, ou  até encontra, só que com um preço exorbitante. Mesmo sendo internacional, livros não podem ser taxados, por isso pode comprar tranquilamente.




Embora seja uma loja especializada em gravuras de uma variedade inimaginável, também vende várias inutilidades coisas fofas e decorativas. Vale lembrar que por ser uma loja internacional, há o risco de ser taxado, especialmente em compras acima de 50 dólares. Eu mesma nunca fui taxada, mas existe a possibilidade. 



Estante Virtual é uma espécie de sebo virtual, onde você tem a possibilidade de encontrar biografias e livros em geral que já estão esgotados em todas as lojas e só poderiam mesmo ser encontrados em um sebo. Os livros, em sua grande maioria, são usados, e os preços variam de acordo com a raridade e a conservação. 


PS: Todos os sites listados, são locais onde eu realmente faço compras e nunca tive problemas. Não estou ganhando qualquer tipo de comissão para anunciá-los. Porém alguns dos sites listados, como Submarino e Saraiva, me permitem ganhar uma pequena comissão caso a compra seja realizada por intermédio do meu blog, através de um programa de afiliados do qual faço parte. Isso acontece apenas pelo simples clique no link a partir do meu blog, não influenciando ou prejudicando em nada os leitores. Quero apenas garantir a transparência e assegurar a honestidade da postagem.