40 filmes biográficos sobre atores e atrizes

Confira abaixo uma lista com alguns filmes biográficos ou onde atores e atrizes antigos aparecem como personagens.

1- Chaplin, 1992


O filme relata a vida de Charles Chaplin, um dos maiores gênios do cinema, desde a infância até o recebimento de um Oscar, e das inúmeras ligações amorosas aos problemas de ordem política, que o levaram a ser expulso dos Estados Unidos. O filme é estruturado em torno de longos flashbacks como o idoso Charlie Chaplin (Robert Downey Jr.) relembrando momentos de sua vida durante uma conversa com personagem fictício George Hayden (Anthony Hopkins), o editor de sua autobiografia. Lembranças de Chaplin começam com sua infância de pobreza extrema, da qual ele foge, mergulhando no mundo das salas de música de Londres, depois se mudando para os Estados Unidos. Compre aqui.



Além do próprio Chaplin, vivido por Robert Downey Jr., o filme também retrata diversos atores da época como:

O amigo Douglas Fairbanks, interpretado por Kevin Kline

Robert Downey Jr e Kevin Kline / Douglas Fairbanks carregando Chaplin e Mary Pickford

Mary Pickford, interpretada por Maria Pitillo


Mildred Harris, atriz e primeira esposa de Chaplin, vivida por Milla Jovovich 



Paulette Goddard, atriz e terceira esposa, interpretada por Diane Lane



Edna Purviance, interpretada por Penelope Ann Miller



Mabel Normand interpretada por Marisa Tomei



2- Dorothy Dandridge - O Brilho de uma Estrela (Introducing Dorothy Dandridge, 1999)


Cinebiografia de Dorothy Dandridge (Halle Berry), que percorre sua carreira desde o início quando se apresentava em clubes noturnos com Vivian Dandridge (Cynda Williams), sua irmã, até se tornar uma atriz de cinema (era dona de uma beleza notável e de um talento óbvio, além de ser uma sexy e femme fatale negra cheia de glamour em uma época que o padrão de Hollywood eram mulheres louras). Nesta fase da vida tornou-se a primeira afro-americana a receber uma indicação para melhor atriz em 1954 por "Carmen Jones", mas se Otto Preminger (Klaus Maria Brandauer), o diretor do filme com quem teve um affair, foi importante neste período de sua carreira também a levou a tomar decisões erradas, inclusive aconselhando-a em romper um acordo verbal com Darryl Zanuck (William Atherton), o todo poderoso da Fox, que pretendia em três anos torná-la uma estrela. Ela sempre foi vítima de preconceito racial e, gradativamente, foi ficando cada vez mais dependente de comprimidos, que usava para tentar se acalmar pois, apesar da fama, teve uma vida pessoal repleta de tragédias e desapontamentos amorosos. Assista aqui.


3- Frances, 1982


Seattle, no início dos anos 30, quando a Grande Depressão atingia o país e propiciava o surgimento de correntes políticas com tendência ao comunismo. Uma jovem de 16 anos, Frances Farmer (Jessica Lange), ganhou um concurso literário nacional com o ensaio "Na Década de 30", em que uma promissora atriz é destruída pelo sistema e por sua mãe por ter "negado Deus". Logo os mais conservadores tentaram passar a idéia de que era um texto muito elaborado para uma jovem e que provavelmente teria sido escrito pelos comunistas, mas Frances não dava importãncia. Com o passar dos anos se tonou uma atriz de teatro, atuando em "Tio Vania". Ela ganha uma viagem até a Rússia, o que a deixa bem entusiasmada, pois na volta passará em Nova York, onde ela pretende conseguir algum papel na indústria cinematográfica. Mas sua mãe, Lillian (Kim Stanley), que está ficando autoritária, diz que ela está sendo usada pelos grupos de esquerda. Frances viaja e, além da fama de atéia, agora também é chamada de comunista. Ao retornar consegue estrelar "Meu Filho é o Meu Rival", mas aos poucos se desentende com os executivos de Hollywood e sua vida se torna um inferno. Mas a principal artífice da sua desgraça é Lillian. Veja a resenha do filme.


4- Mamãezinha Querida (Mommie Dearest, 1981)


Baseado no best seller de Christina Crawford, conta sobre as supostas tiranias de Joan Crawford com seus filhos, ao mesmo tempo em que mantinha uma imagem de boa mãe para o público. Faye Dunaway estrela o longa no papel da atriz.


5- Gypsy - Em Busca de um Sonho (Gypsy, 1962)


Conta a trajetória da dançarina burlesca e, posteriormente, atriz, Gypsy Rose Lee, que foi cresceu sendo vítima do desejo cego de sua mãe pela fama, fazendo com que ela e a irmã trabalhassem desde a infância. Leia a resenha.

Gypsy Rose Lee

6- Harlow, a Vênus platinada (Harlow, 1965)


Biografia romantizada sobre a curta vida de Jean Harlow, com Carroll Baker no papel principal. 


7- Liz: A História de Elizabeth Taylor (Liz: The Elizabeth Taylor Story, 1995)


O filme foi feito para a televisão e conta a trajetória da atriz até o seu aniversário de 60 anos. Estrelado por Sherilyn Fenn.


Richard Burton foi vivido por Angus Macfadyen


Já Montgomery Clift foi interpretado por William McNamara, via



8- O Aviador (The Aviator, 2004)

O filme conta a história do milionário excêntrico Howard Hughes, que pode não ter sido ator, mas teve contato com inúmeros astros e estrelas da era de ouro devido à sua paixão pelo cinema. Por conta disso, muitos deles são personagens do longa.

Cate Blanchett interpretou Katharine Hepburn



Kate Beckinsale viveu Ava Gardner



Gwen Stefani fez uma participação como Jean Harlow


Jean Harlow na premiere de Anjos do Inferno, assim como na cena representada no filme

Jude Law apareceu como Errol Flynn



9- Sete Dias com Marilyn (My Week with Marilyn, 2011)




O filme conta os bastidores das gravações do filme O Príncipe Encantado, do ponto de vista de Colin Clark, que trabalhava como assistente e passou uma semana ao lado de Marilyn Monroe. Além da estrela, interpretada por Michelle Williams, são retratados os atores Laurence Olivier e Vivien Leigh, vividos respectivamente por Kenneth Branagh e Julia Ormond.



10- Hitchcock, 2012


O filme mostra um pouco sobre os bastidores do filme mais aclamado de Hitchcock, Psicose (Psycho, 1960), focando-se bastante na relação do diretor com sua esposa, Alma Reville, que colaborava sempre em seus filmes. Anthony Hopkins interterpreta 'Hitch' e Helen Mirren vive Alma. 







Janet Leigh, que fez a cena mais famosa de Psicose, foi interpretada por Scarlett Johansson



 Vera Miles foi vivida por Jessica Biel




James D'Arcy atuou como Anthony Perkins



11- Lágrimas de Triunfo (Jeanne Eagels, 1957)



A atriz do cinema mudo, teve sua breve vida retratada nas telas, sendo interpretada por Kim Novak, no longa ligeiramente romantizado sobre sua trajetória. A jovem teve uma carreira curta e devido ao vício em drogas e álcool, acabou morrendo prematuramente, recebendo uma nomeação póstuma ao Oscar, pelo filme The Letter (1929), fato inédito na época.


12- A Vida de Audrey Hepburn (The Audrey Hepburn Story, 2000)


Feito para a televisão em formato de minissérie, narra a trajetória de Audrey Hepburn desde a infância até o estrelato, terminando assim que a estrela acaba de gravar seu maior sucesso, Bonequinha de Luxo. Jennifer Love Hewitt foi a escolhida para interpretar Audrey na fase adulta. Assista aqui.



William Holden foi vivido por Gabriel Macht



Eric McCormack interpretou Mel Ferrer



13- A Vida de Romy Schneider (Romy, 2009)


O filme conta a vida da bela atriz desde o início da carreira até seu final triste, onde mesmo no hospital, era perseguida por fotógrafos. Jessica Schwarz interpretou Romy.



Alain Delon, com quem teve um famoso relacionamento, foi interpretado por Guillaume Delorme.



14- James Dean (2001)



O filme foi feito para a televisão e conta com a atuação de James Franco no papel do protagonista James Dean. O longa narra a vida do ator, passando por sua rápida ascensão à fama até seu fim prematuro. Assista aqui


Valentina Cervi viveu a atriz italiana Pier Angeli, apontada como o grande amor da vida de Jimmy



15- Grace de Mônaco (Grace of Monaco, 2014)


O longa foca no lado político da vida da atriz, agora como Princesa de Mônaco, e num possível retorno ao cinema, em um filme de Alfred Hitchcock.


A cantora lírica Maria Callas também é retratada, vivida por Paz Vega.



16- O Miado do Gato (The Cat's Meow, 2001)



O filme gira em torno de uma viagem de barco onde acontece um incidente envolvendo o todo poderoso William Randolph Hearst, magnata das comunicações e a inspiração do célebre Cidadão Kane, de Orson Welles. Enciumado com a aproximação de sua amante, a atriz do cinema mudo Marion Davies, interpretada por Kirsten Dunst, e do ator Charlie Chaplin, vivido por Eddie Izzard, Hearst decide atirar em Chaplin pelas costas, porém acaba matando o homem errado e tenta encobrir seu crime, impedindo que seja descoberto pela imprensa.


17- O Palhaço Que Não Ri (The Buster Keaton Story, 1957)


Com Donald O'Connor no papel principal, o filme conta a história do grande astro do cinema mudo, Buster Keaton, desde a infância, até a chegada do cinema falado, que ocasionou o fim de sua carreira. Porém o longa não é exatamente fiel aos fatos reais, exagerando até mesmo sobre o final da carreira do ator.


18- The Last of Robin Hood (2013)


O filme aborda o último relacionamento amoroso de Flynn, já um homem de meia-idade, com a adolescente Beverly Aadland, de apenas 15 anos, que trabalhava no cinema com documentos falsos para fingir ser maior de idade.


Errol Flynn foi interpretado por Kevin Kline, equando Dakota Fanning viveu Beverly.



19- A Misteriosa Morte de Natalie Wood (The Mystery of Natalie Wood, 2004)


O filme foi feito para a televisão e mostra a vida e a carreira da atriz Natalie Wood, desde a infância até sua morte misteriosa, focando bastante em sua carreira e nos seus relacionamentos amorosos. Justine Waddell interpretou a protagonista, enquanto Michael Weatherly viveu o ator Robert Wagner, com quem Natalie se casou por duas vezes.



O ator Warren Beatty, colega de elenco e ex-namorado de Natalie, foi representado por Matthew Settle; Sophie Monk interpreta Marilyn Monroe em uma breve participação, mostrando o encontro das duas estrelas, ainda na infância de Natalie, quando Marilyn ainda estava no início de sua carreira. Já os amigos e colegas de elenco de Juventude Transviada, James Dean e Sal Mineo foram vividos, respectivamente, por Nick Carpenter e Paul Pantano, como podem ser vistos na foto abaixo.



20- Funny Girl - Uma Garota Genial (Funny Girl, 1968) e Funny Lady (1975)

Omar Sharif e Barbra Streisand em Funny Girl, 1968

Em 1968, Barbra Streisand interpretou a atriz Fanny Brice no musical Funny Girl. Alguns anos depois, em 1975, a história ganhou uma continuação, também estrelada por Barbra, e intitulada Funny Lady. Embora romantizados, os longas se tornaram grandes clássicos. O primeiro, focando no início de sua carreira e no primeiro casamento de Fanny. Já o filme seguinte, se passa durante a grande depressão, mostrando seu divórcio, e a dificuldade em encontrar novos trabalhos, além de um novo romance.

Barbra Streisand em Funny Lady, 1975


21- O Homem das Mil Caras (Man of a Thousand Faces, 1957)


Assim como a maioria dos filmes biográficos, o longa alguns fatos romantizados misturados com acontecimentos reais da vida do ator Lon Chaney, apelidado pela imprensa como 'o homem das mil faces', por sua capacidade de interpretar os personagens mais diversificados, geralmente grotescos e atormentados, com técnicas de maquiagem inventadas por ele próprio. James Cagney, Dorothy Malone e Jane Greer estrelam o filme, respectivamente como o biografado e suas duas esposas.

Lon Chaney

Abaixo, alguns dos personagens que o ator já interpretou:

O Fantasma da Ópera, 1925

Vampiros da Meia-Noite, 1927

Ironia da Sorte, 1924

O Corcunda de Notre-Dame, 1923

James Cagney durante a caracterização de alguns personagens (via)

22- Elvis (1979)


Com Kurt Russell interpretando o Rei do Rock, o filme foi feito para a televisão e conta a trajetória de sucesso do ator e cantor, até 1970, não retratando seus últimos anos de vida. Conta também com a participação da atriz Shelley Winters, como a mãe de Elvis.


23- Estrela Mirim: A História de Shirley Temple (Child Star: The Shirley Temple Story, 2001)


Também feito para a televisão, o filme conta a história da atriz mirim mais famosa de Hollywood, com o auge de sua popularidade na década de 1930. Shirley é interpretada em diferentes idades pelas atrizes Samantha Hart, Emily Hart and Ashley Rose Orr. Assista o filme completo em inglês aqui.


24- A Vida com Judy Garland (Me and My Shadows, 2001)


Com Judy Davis no papel principal, o ltelefilme narra a trajetória da grande Judy Garland, desde a infância e o começo da carreira, até seus últimos dias. Hugh Laurie interpreta Vincent Minnelli, diretor que foi casado com a estrela.


25- Marlene - O Mito, A Vida, O Filme (Marlene, 2000)


Estrelado pela atriz alemã Katja Flint, narra a vida de um dos maiores mitos do cinema, Marlene Dietrich.


26- A Estrela (Star!, 1968)


Tendo como protagonista a doce Julie Andrews, o filme foi lançado com a pretensão de repetir o sucesso de A Noviça Rebelde, mas acabou sendo um fracasso de público. Conta a história da atriz Gertrude Lawrence, que fez bastante sucesso na primeira metade do século XX ao estrelar musicais nos palcos de Londres e na Broadway. Ao contrário da imagem que o público tinha de Julie, meiga e gentil, Getrude era temperamental, sarcástica e ambiciosa, com uma personalidade difícil, fazendo com que o longa tivesse uma rejeição da audiência, embora tenha sido nomeado em 7 categorias do Oscar. 


Gertrude e Noël Coward na peça Private Lives, 1930

O maior sucesso de sua carreeira, possivelmente, foi a peça O Rei e Eu, ao lado de Yul Brynner. Posteriormente, o ator repetiu o papel nas telas, com Deborah Kerr como protagonista feminina.


27- Sophia Loren, a Vida de uma Estrela (Sophia Loren: Her Own Story, 1980)


O filme biográfico sobre a diva italiana é estrelado por ela própria! A atriz interpreta sua mãe, Romilda Villani, e a ela própria na fase adulta. John Gavin viveu Cary Grant, que foi apaixonado por Sophia e com quem teve um breve relacionamento amoroso.

Foto real de Sophia e sua mãe


Cena do filme

28- The Jayne Mansfield Story (1980)


Estrelado por Loni Anderson, o longa conta a curta trajetória da Jayne Mansfield, e tem Arnold Schwarzenegger no papel do marido da atriz, Mickey Hargitay.


29- Da Lama para a Glória (The George Raft Story, 1961)


O filme conta a história de George Raft, famoso principalmente por seus papéis de mafiosos, tendo seu auge na década de 30. Fora das telas, o ator teve de fato envolvimento com gangsters. Estrelado por Ray Danton, o longa não teve boa recepção pelo excesso de ficção, não se mantendo muito fiel aos fatos reais. Jayne Mansfield interpreta a personagem Lisa Lang, um dos amores de Raft, e que teria sido baseada na atriz Betty Grable.


George Raft aparece como personagem no filme Bugsy, de 1991, com Warren Beatty no papel principal, sendo interpretado por Joe Mantegna. Raft era amigo do mafioso.

Warren Beatty e Joe Mantegna

Bugsy e George Raft

30- Burton e Taylor (Burton and Taylor, 2013)


O filme é focado nas décadas de 1960 e 1970, mostrando o intenso e turbulento relacionamento de um dos casais mais populares de Hollywood, Elizabeth Taylor e Richard Burton, casados por duas vezes. Helena Bonham Carter e Dominic West protagonizam o longa.


31- Valentino (1951)


Estrelado por Anthony Dexter, o filme foi criticado pela carência de fatos e personagens reais, romantizando demais a biografia do ator, apesar da notável semelhança física do protagonista. Eleanor Parker como Joan Carlisle / Sarah Gray é a estrela feminina do longa, interpretando personagens que não existiram de fato. A história gira em torno da chegada de Valentino na América, seus amores e sua curta jornada como astro de Hollywood.

Anthony Dexter e Eleanor Parker

Rodolfo Valentino

32- Life - Um Retrato de James Dean (Life, 2015)

O filme conta sobre a amizade de James Dean com o fotógrafo Dennis Stock, que trabalhava para a revista Life e costumava acompanhar o ator para poder fotografa-lo. Com a morte precoce de Dean, as fotos tornaram-se icônicas. Robert Pattinson interpreta Stock, enquanto Dane DeHaan encarna James Dean.




A atriz Alessandra Mastronardi interpretou Pier Angeli



Kelly McCreary como Eartha Kitt, Eva Fisher como Judy Garland, Lauren Gallagher como Natalie Wood, John Blackwood como Raymond Massey e Caitlin Stewart como Julie Harris também fazem parte do longa.

33- Elvis (2005)


Feito em formato de minissérie, conta fatos da vida do ator e cantor do período de 1954 até 1968, tendo em sua trilha sonora gravações originais de Elvis, além de imagens filmadas em Graceland, sua mansão. Foi estrelada por Jonathan Rhys Meyers, que mostra uma semelhança física impressionante com o Rei do Rock.


Rose McGowan interpretou Ann-Margret



Antonia Bernath viveu sua esposa, Priscilla Presley



34- A Verdadeira História de Marilyn Monroe (Norma Jean & Marilyn, 1996)


Feito para a televisão, o filme aborda dois lados de Marilyn Monroe: A estrela de cinema e sua real personalidade, contando sua vida antes da fama, quando ainda era Norma Jean, até tornar-se a diva sorridente que escondia sua tristeza do público. Ashley Judd vive Norma enquanto Mira Sorvino interpreta Marilyn.





Nancy Linehan Charles interpreta Bette Davis, Jeffrey Combs aparece como Montgomery Clift, Neil Hunt como Geroge Sanders e Erika Nann como Jane Russell. 

35- Valentino - O Ídolo, o Homem (Valentino, 1977)


Protagonizado por Rudolf Nureyev, o filme mistura fatos, fantasia e mitos sobre a vida do ator italiano, que despedaçou milhares de fãs com sua morte precoce. Leslie Caron vive Alla Nazimova e Michelle Phillips interpreta Natacha Rambova, esposa do ator.

Rudolf Nureyev e Michelle Phillips

Valentino e Natacha Rambova


Leslie Caron e Alla Nazimova

36- A Garota (The Girl, 2012)


O filme mostra a conturbada relação entre o perfeccionista Alfred Hitchcock e a atriz Tippi Hedren, por quem tinha obsessão, durante as gravações de Os Pássaros e Marnie, respectivamente de 1963 e 1964. Toby Jones e Sienna Miller interpretam os personagens principais.


37- La mia casa è piena di specchi (2010)


A minissérie italiana volta a ter Sophia Loren interpretando a própria mãe, Romilda Villani, uma mulher que sonhava em ser atriz, chegando a ganhar um concurso como sósia de Greta Garbo, mas foi impedida pela família de seguir a carreira. Após alguns anos, ela tenta se realizar através da filha Sophia, deixando de lado Maria, sua filha mais nova. Margareth Madè interpreta Sophia Loren e Antonella Di Monte vive Maria.



38- Gainsbourg - O Homem Que Amava as Mulheres (Gainsbourg, 2010)


O filme fala sobre a vida e os amores de Serge Gainsbourg, interpretado por Eric Elmosnino.



Laetitia Casta viveu Brigitte Bardot



Lucy Gordon interpretou Jane Birkin




39- A Vida e a Morte de Peter Sellers (The Life and Death of Peter Sellers, 2004)


Com Geoffrey Rush no papel principal, o longa fala sobre a vida e a carreira do ator Peter Sellers, focando-se também em seus relacionamentos e nas inúmeras crises existenciais. 


Acima, uma foto verdadeira do ator e sua segunda esposa, Britt Ekland, interpretada por Charlize Theron.


Sonia Aquino interpretou Sophia Loren, a modelo Heidi Klum viveu Ursula Andress e os diretores Stanley Kubrick e Blake Edwards foram representados por Stanley Tucci e John Lithgow , respectivamente.

40- Eu Chorarei Amanhã (I'll Cry Tomorrow, 1955)


Estrelado por Susan Hayward, conta a história da cantora e atriz Lillian Roth, que conheceu o sucesso ainda muito jovem, porém após algumas desilusões acaba se tornando alcoólatra.


Gostou da postagem? Se a resposta for sim, não deixe de inscrever seu e-mail para receber notificação sempre que forem postadas novas matérias!! =)

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

A verdadeira Elise McKenna