sexta-feira, 10 de julho de 2015

A história das famosas fotos de Marilyn Monroe nua, contada por Hedda Hopper


Tom Kelley se deparou com uma jovem na rua, que estava tendo problemas com seu carro. Ela parecia estar impotente diante da situação. Ele chutou os pneus e olhou sob o capô. Levou apenas um minuto para chegar ao tanque de combustível. Em seguida, ele deu a triste notícia, ''Você está sem combustível. Podemos chamar alguém e eles vão trazer-lhe um pouco", disse ele. Ele soube imediatamente a partir da expressão no rosto da jovem que não era tão simples "Se você não tem nenhum dinheiro em sua bolsa, deixe-me dar-lhe algum -. e meu cartão. Você pode pagá-lo quando você estiver perto de meu estúdio..''

Vários meses depois, a jovem - a então desconhecida Marilyn Monroe - encontrava-se capaz de pagar os US$ 5 de volta. Isso não era uma situação incomum em Hollywood. Ela dirigiu até o estúdio de Kelley, bateu na porta, e quando Tom abriu, Marilyn estava lá, segurando o dinheiro. Tudo o que ela disse foi: "Lembra de mim?"

Bem, você pode enganar um proprietário, um diretor de elenco, e um monte de outras pessoas mas, se você é uma garota bonita, não pode enganar um fotógrafo que trabalha com modelos. Tom sabia que os US$ 5 eram  tudo que ela tinha. Ele pediu a ela para entrar. Ele perguntou se ela tinha feito algum trabalho como modelo. Ela disse que tinha feito alguns, Tom tentou pensar em algo onde poderia usa-la, mas nada veio à mente. Então ele mentiu. "Me diga uma coisa", disse ele. "Uma companhia de calendários encomendou algumas fotos de nudez, você está interessada? "Marilyn disse que estava. Então Tom a levou para seu estúdio, ajeitou as luzes e a câmera - e Marilyn reclinou-se no veludo vermelho, que a Sra Kelley havia arrumado, e as fotos foram tiradas. Tom disse a Marilyn para ficar com os cinco e fez um cheque de US $ 45. Marilyn não sabia que Tom havia tirado as fotos para que ele pudesse dar para ela US$ 50 - e que não havia nenhuma encomenda dos calendários.

Mais de um ano passou e Tom teve um pedido por um nu. Ele pegou as fotos de Marilyn guardadas nos arquivos e as enviou. A empresa comprou dois calendários por US $ 200 - uma pequena quantia pelo trabalho de Kelley, mas melhor do que nada. Os calendários foram impressos e vendidos lentamente. Durante quase dois anos, eles foram enviados para outros clientes e ninguém pensava muito sobre isso. Então, um dia, um executivo da empresa entrou correndo no escritório olhando como se estivesse prestes a ter um acidente vascular cerebral. "Eu fui ao cinema ontem à noite," ele gaguejou," e eu acho que dama loira em um dos nossos calendários é Marilyn Monroe."

Há milhares de histórias que contam sobre como as fotos teriam sido tiradas. Esta foi a versão da colunista Hedda Hopper, em 1953. Texto retirado daqui.

Notícia da época, quando Marilyn Monroe admitiu ser a loira nua das fotos

3 comentários:

  1. Eu acho essas fotos maravilhosas.
    Lindo texto.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Também acho lindas! Muito obrigada! =)

    ResponderExcluir
  3. Amo miss Monroe e toda notícia relacionada a ela, fotos lindas.

    ResponderExcluir