10 filmes com John Gavin


Com o físico do perfeito galã hollywoodiano, John Gavin foi por muitos considerado 'apenas um rostinho bonito'. Causando a ira de Alfred Hitchcock por sua atuação em Psicose, teve a grande maioria de seus closes cortados do longa. Isso não o impediu de ter uma carreira de sucesso, com mais de 40 créditos no cinema e na televisão, muitas vezes aparecendo como personagem principal. Foi presidente da SAG (Screen Actors Guild) de 1971 a 1973 e atuou como embaixador americano no México de 1981 a 1986. Confira abaixo seus principais trabalhos no cinema:

1- Amar e Morrer (A Time to Love and a Time to Die, 1958)


A tragédia da Segunda Guerra Mundial mostrada através da ótica de um soldado alemão que se apaixona por uma jovem conhecida de infância, num período de licença do front.

2- Imitação da Vida (Imitation of Life, 1959)


O ano é 1947 e Lora Meredith (Lana Turner) é uma aspirante a atriz, viúva, que mora com sua sua única filha, Susie (Sandra Dee), e vive ignorando-a, enquanto busca construir uma carreira. Quando ela conhece Annie Johnson (Juanita Moore), uma afrodescendente também viúva e mãe solteira, convida-a a trabalhar na sua casa e criar as filhas das duas juntas. No momento em que Annie e sua filha Sarah Jane (Susan Kohner) se mudam para a casa de Lora, a menina passa a renegar as suas origens: por ter a pele bem mais clara que sua mãe, ela se declara branca para todos. Já Susie se sente rejeitada pela mãe e acaba encontrando conforto nos braços de um homem mais velho (John Gavin).

3- O Escândalo da Princesa (A Breath of Scandal, 1959)


Na Viena de 1907, Olympia (Sophia Loren) é a princesa austríaca que, mesmo tendo sido expulsa da propriedade familiar por indiscrições escandalosas, rejeita o desejo de sua mãe de que ela se case com um príncipe. Em vez disso, ela dirige seus olhares para o engenheiro americano Charlie Foster (John Gavin).

4- Psicose (Psycho, 1960)


Após roubar 40 mil dólares para se casar com o namorado, uma mulher foge durante uma tempestade e decide passar a noite em um hotel que encontra pelo caminho. Ela conhece o educado e nervoso proprietário do estabelecimento, Norman Bates, um jovem com um interesse em taxidermia e com uma relação conturbada com sua mãe. Mas o que parece ser uma simples estadia no local se torna em uma verdadeira noite de terror.

5- Spartacus (1960)


O rebelde Spartacus, nascido e criado escravo, é vendido para o treinador gladiador Batiatus. Depois de semanas sendo treinado para matar na arena, Spartacus se rebela contra seus donos e lidera os outros escravos em uma rebelião. À medida que os rebeldes vão de cidade em cidade, os seus números aumentam conforme os escravos fugidos se juntam a eles. Sob a liderança de Spartacus, eles vão a caminho do sul da Itália, onde eles podem atravessar o mar e voltar para suas casas.

6- A Teia de Renda Negra (Midnight Lace, 1960)


Kit (Doris Day) e Anthony Preston (Rex Harrison) nunca tiveram uma lua-de-mel de verdade, para finalmente sentirem que estão juntos, eles estão esperando sair de Londres. Nos dias que se sucedem a empresa de Tony anda sob muita pressão de trabalho, e Kit passa pela estranha situação de escutar seu nome ser chamado por uma voz desconhecida numa noite de neblina. No dia seguinte, eles começam a receber estranhas ligações telefônicas. Há um novo e esquisito morador no quarteirão, e também um arquiteto que insiste em aparecer nas redondezas do apartamento dos Preston. Será que uma perigosa e estranha situação está se desenrolando, ou seria apenas a fértil imaginação de Kit...?

7- Com Amor no Coração (Tammy Tell Me True, 1961)


Tammy deixa o rio Mississippi para ir à faculdade, desenvolvendo um relacionamento com Tom Freeman (John Gavin). Sandra Dee substitui Debbie Reynolds no papel principal. O filme também apresenta um tema musical novo, “Tammy Tell Me True", e a personagem da Sra. Annie Call, interpretada pela veterana Beulah Bondi.

8- Esquina do Pecado (Back Street, 1961)


A ambiciosa Rae Smith (Susan Hayward) e o fuzileiro naval Paul Saxon (John Gavin) se encontraram por acaso e se apaixonaram perdidamente. Mas ele estava apenas de passagem pela cidade voltando para casa após a guerra, e tudo não passa de olhares. Tempos depois ela descobre que ele está casado. Determinada a entrar para o mundo da moda como estilista, Rae se muda para Nova York, onde não apenas fica famosa mas também reencontra Paul. Mais uma vez a chama se acende entre eles, mas Paul continua casado. Fugindo desse amor proibido, ela se muda para a Itália. Anos depois, eles se reencontram mais uma vez, e tomados por anos de uma paixão reprimida, iniciam um romance proibido, uma vez que a esposa de Paul, a bêbada e infeliz Liz (Vera Miles), não quer lhe dar o divórcio.

9- Positivamente Millie (Thoroughly Modern Millie, 1967)


Nesta paródia musical dos anos 20, a jovem Millie (Julie Andrews) tem planos para encontrar um emprego e se casar com um homem rico. Apesar de ser amante do vendedor de clipes de papel, Jimmy (James Fox), ela está determinada a se casar com o empresário Trevor Graydon (John Gavin), que ama a colega de quarto de Millie, Dorothy Brown (Mary Tyler Moore). Enquanto, os quatro tentam encontrar amor, a maldosa Sra. Meers (Beatrice Lillie) quer vender Dorothy para a escravidão branca.

10- A Louca de Chaillot (The Madwoman of Chaillot, 1969)


Um grupo de quatro homens proeminentes se reúnem para discutir estratégias visando aumentar suas fortunas. Um deles, o prospector (Donald Pleasence), declara que existe uma fonte preciosa de petróleo no centro de Paris e convence os seus companheiros a adquirir os direitos de exploração da fonte de qualquer jeito. A condessa Aurelia (Katharine Hepburn) descobre o plano e convoca a ajuda de outras mulheres para destrui-lo.