Os Assassinos (The Killers, 1946), um legítimo filme noir


Os filmes noir tiveram o auge de sua popularidade nas décadas de 40 e 50. Considerado um sub-gênero dos romances policiais, geralmente eram filmados em preto e branco e possuíam determinadas características marcantes, como um clima sombrio, lugares escuros, uso de flashbacks, ambientes urbanos, personagens dúbios, mulheres belas e manipuladoras e temáticas envolvendo traições e corrupção. Dentre os grandes clássicos deste estilo, podemos citar, por exemplo, títulos como Laura (1944), Pacto de Sangue (Double Indemnity, 1944) e Almas Perversas (Scarlet Street, 1945). Poucos filmes, no entanto, representam tão bem as características do noir como Os Assassinos (The Killers, 1946), responsável por levar ao estrelato os atores Burt Lancaster e Ava Gardner.

A história


Dois homens chegam a uma pequena cidade no interior dos Estados Unidos com a missão de matar o aparentemente pacato 'Swede'. Da mesma maneira que os bandidos não se preocupam em esconder seu objetivo, o futuro alvo do atentado também não demonstra a mínima intenção de se safar de seu destino iminente. E, assim, logo nas primeiras cenas, o protagonista da história é assassinado. Mais do que a própria polícia, é Jim Reardon, o corretor de uma empresa de seguros, quem mais se empenha em desvendar o misterioso caso em questão. A partir de pequenas pistas, ele vai colhendo os testemunhos de pessoas do passado de Swede e juntando as peças para chegar até o responsável pela execução do rapaz.

Personagens e elementos característicos dos filmes noir

O protagonista dúbio e manipulável 


Em sua estreia no cinema, o ex-acrobata Burt Lancaster, então com 33 anos, tornou-se um astro ao interpretar um boxeador fracassado, apelidado de Swede, que acaba entrando no mundo do crime ao ver sua carreira nos ringues ir por água abaixo. Moralmente duvidoso, ele não se mostra disposto a seguir uma profissão honesta e prefere se aventurar em meios pouco lícitos para manter seu padrão de vida. É assim que conhece a bela e manipuladora Kitty Collins, por quem está disposto a tudo, inclusive ir para a cadeia por um crime que não cometeu.

A Femme fatale


A bela Ava Gardner, que até o momento só havia atuado em papéis secundários, também tornou-se uma estrela ao protagonizar o longa como uma legítima femme fatale, capaz de conseguir tudo o que quer através de seu charme. A personagem mostra-se disposta a permanecer sempre aliada a quem está no poder, mudando de lado e livrando-se facilmente dos que considera que não lhe trarão vantagem alguma. Ao conhecer Swede, percebe claramente o domíno que exerce sobre ele e usa isso para tirar proveito e alcançar seus objetivos.

Os detetives


Edmond O'Brien, como o corretor de seguros, e Sam Levene, como um policial amigo de infância do protagonista, se encaixam nos papéis dos detetives da trama. O investigador Sam Lubinsky também serve como uma testemunha para o caso, devido à sua longa amizade com a vítima e torna-se um aliado do detetive amador vivido por O'Brien para chegar à solução do mistério que deu fim à vida de seu amigo. 

O corrupto


Um filme policial que se preze precisa ter um bandido que todos os outros personagens temem. Este é Big Jim Colfax, vivido por Albert Dekker, o rival de Swede pela preferência de Kitty e o responsável por planejar um roubo no qual o personagem principal acaba envolvido e servindo como bode expiatório.

Uso de flashbacks


Para desvendar o assassinato e conhecer mais sobre a vítima, Jim Reardon colhe diversos depoimentos de pessoas que conheceram Swede. Tais testemunhos vão sendo revelados através de flashbacks, onde o público pode ver com seus próprios olhos os acontecimentos que levaram ao crime. As narrativas do passado vão sendo intercaladas, de maneira bastante clara, com acontecimentos do 'presente' na história, durante o decorrer da investigação.

Final trágico


O desfecho do protagonista é revelado logo nas primeiras cenas e o público já inicia o longa sabendo como a história irá terminar. A grande questão é o 'como'. Como aquilo tudo aconteceu? Quem está por trás de tudo?

Clima sombrio 


Ainda nos primeiros minutos do longa podemos perceber o clima sombrio e a preferência por filmagens noturnas e escuras, dando maior impacto e causando ainda mais tensão. A cena de abertura, baseada no conto de Ernest Hemingway, já mostra que muito mais do que ação, o roteiro foca mais em um suspense psicológico.

Obsessão sexual


Boa parte da história se desenvolve a partir da obsessão romântica de Swede que, mesmo sendo comprometido, apaixona-se perdidamente por Kitty e torna-se um joguete em suas mãos.

Remake


O filme ganhou um remake em 1964, estrelado por John Cassavetes, Angie Dickinson, Lee Marvin e Ronald Reagan, porém possui algumas diferenças em comparação ao filme de 1946. Na refilmagem, os assassinos ficam intrigados com a falta de reação da vítima perante o assassinato e passam a investigar mais sobre sua história.

Lançamento em dvd

O filme de 1946 acaba de ser lançado em dvd pela Classicline e pode ser adquirido nas melhores lojas do ramo. Clique no nome da loja de sua preferência para comprar: 

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

A verdadeira Elise McKenna