Lançamentos Classicline - Julho de 2017

Chegou a vez de conferir os lançamentos de julho da Classicline, que agora já tem sua própria loja virtual! Em breve, os produtos serão disponibilizados em estoque!

A Barbada do Biruta (Money From Home, 1953)



O primeiro filme colorido da dupla Dean e Jerry! Na Nova York dos anos 1920, Herman “Honey Talk” Nelson (Dean Martin) é um apostador endividado que vai se arriscar numa corrida de cavalos. Se ganhar, poderá saldar o que deve ao mafioso “Jumbo” Schneider (Sheldon Leonard). Herman precisa ir a uma competição em Maryland e conta com a ajuda do primo Virgil Yokum (Jerry Lewis). Lá, ambos conhecem duas garotas e acabam se apaixonando: Herman por Phyllis Leigh (Marjie Millar), a dona do cavalo no qual está apostando; e Virgil por Autumn Claypool (Pat Crowley), a veterinária do cavalo. Herman acaba desistindo da aposta, esquecendo-se de sua dívida. O problema é que “Jumbo” está lá e decidido a ter seu dinheiro de volta.


As Irmãs (The Sisters, 1938)


Em um baile na noite da eleição de 1904, as irmãs Louise (Bette Davis), Helen (Anita Louise) e Grace (Jane Bryan) lidam com perspectivas românticas. Frank Medlin (Errol Flynn) convida Louise para dançar e o casal se apaixona. Eles fogem para se casar e se mudam de Silver Bow para São Francisco. Uma tragédia assola a família e Frank torna-se um alcoólatra, fugindo em um navio em busca de um novo começo. Naquela mesma noite São Francisco sofre um terremoto e Louise perde o apartamento. Dois anos se passam, a cidade é reconstruída e Louise progride em sua loja de departamentos. Mas quando sua irmã Grace tem problemas, ela volta para sua cidade natal e reencontra suas irmãs, cada uma delas vivendo tormentos pessoais dentro de seus casamentos. Enquanto isso, Frank retorna a São Francisco, e embora doente, parte para Silver Bow em busca de uma nova chance com sua esposa.


Balas Contra a Gestapo (All Through the Night, 1942)


A vida tranquila no Brooklin do apostador Gloves Donahue (Humphrey Bogart) e sua gangue toma um rumo inesperado quando o seu padeiro favorito é assassinado. Gloves vê a cantora da noite Leda Hamilton (Kaaren Verne) saindo da padaria e a toma como suspeita, mas quando mais assassinatos começam a acontecer, todo o grupo se vê envolvido em um grande complô organizado pelos nazistas dentro da cidade de Nova York, e terão que eliminar os agentes da Gestapo antes que uma grande tragédia aconteça.


Durango Kid - Invasão Sangrenta (Blazing Across the Pecos, 1948)


Ao investigar uma série de ataques realizados pelos Índios, Durango Kid (Charles Starrett) acaba descobrindo uma rede de corrupção que envolve o mais alto escalão da cidade. O auto-nomeado prefeito Ace Brockway (Charles Wilson), corrupto e malfeitor, está secretamente fornecendo à tribo indígena local armamentos para atacar as caravanas de seu rival de negócios em uma tentativa de expulsá-lo para fora da cidade. Mas não se o Durango Kid e seus amigos prenderem Ace e seus capangas primeiro.


O Discípulo do Diabo (The Devil's Disciple, 1959)


Durante o período colonial um arrogante comandante militar inglês, o general Burgoyne (Laurence Olivier) tenta manter uma província da colônia sob controle, combatendo e perseguindo os rebeldes nativos que desejam a independência do país. Entre eles, está Dick Dudgeon (Kirk Douglas), que acaba preso por engano, no lugar do Reverendo Anthony (Burt Lancaster) durante a Guerra da Independência Americana. Incapaz de falar a verdade por conta de princípios morais, ele continua recebendo a pena no lugar do reverendo. Sua atitude faz com que a esposa do reverendo, Judith (Janette Scott), creia que esse é um ato de amor, apaixonando-se perdidamente por Dick. Em meio ao cenário de guerra, os personagens vão descobrir quem eles realmente são.


O Mais Bandido dos Bandidos (Dirty Dingus Magee, 1970)


Dingus Magee (Frank Sinatra) é um fora-da-lei que poucos levam a sério. Magee e seu antigo rival, Hoke Birdsill (GeorgeKennedy) se revezam em ser tanto homem da lei ou bandido e também em ser rivais ou parceiros no crime, dependendo das circunstâncias. Ele tenta melhorar de vida, mas há sempre alguém impedindo: o xerife trapalhão, os índios, sua namorada, e até mesmo a cavalaria local. Mas quando Belle Nops(Anne Jackson), a“prefeita” da cidade, resolve ficar contra esses dois picaretas, os antigos rivais unirão suas forças em um confronto cômico e repleto de ação!


O Senhor da Guerra (The Warlord, 1965)


No século XI, o poderoso Duque William de Ghent envia o seu mais leal cavaleiro Chrysagon (Charlton Heston), juntamente com seus guerreiros, para guardar e proteger seus assentamentos na costa da Normandia contra ataques e pilhagens dos bárbaros. Tentado a tomar Bronwyn (Rosemary Forsyth), a filha do ancião da vila, pela lei do droit de seigneur, o senhor da guerra acaba percebendo que se encontra perdidamente apaixonado pela bela donzela. Este filme marca a estreia da primeira parceria entre Charlton Heston e Franklin Schaffner, ambos premiados com o Oscar®. A obra foi adaptada para as telas de cinema a partir do romance e peça original de Leslie Stevens pelos renomados roteiristas John Collier e Millard Kaufman.


Tudo em Família (All Night Long, 1981)


George Dupler (Gene Hackman) é um executivo de uma cadeia de drogarias que foi rebaixado para gerente noturno após jogar uma cadeira através da janela do seu chefe. George descobre que seu filho Freddie (Dennis Quaid) está tendo um caso com uma prima casada, Cheryl Gibbons (Barbra Streisand). George tenta acabar com esta relação, mas ironicamente se apaixona por Cheryl. Helen (Diane Ladd), a mulher de George, chama seu advogado e Bobby Gibbons (Kevin Dobson), o marido de Cheryl, para tentar intimidar George, mas não consegue. George por sua vez pede demissão, arruma um emprego de garçom e aluga um grande galpão, onde pretende morar e, se possível, inventar algo e principalmente conquistar Cheryl definitivamente.


Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

20 Funko Pops de filmes pra você se apaixonar