Lançamento do digistack Serial Killers da Obras-Primas do Cinema


A distribuidora Obras-Primas do Cinema já é conhecida pela qualidade do material de seus lançamentos, se preocupando não só com a parte estética, mas também com o conteúdo, sempre rico em extras. Lançado em agosto deste ano, o digistack Serial Killers não fugiu da regra, trazendo 3 dvds com um total de 5 filmes, além de quase 3 horas de extras. Todos os longas da coleção, como o nome já diz, são sobre assassinos em série, sendo 4 deles baseados em fatos reais. Por ter uma temática violenta, nem todos irão se interessar, mas para quem gosta do gênero é simplesmente um prato cheio! Nessa postagem irei apresentar um pouco sobre o digistack, mas pretendo ir postando também resenhas individuais sobre os filmes.

Os filmes:

Disco 1:

- HENRY – RETRATO DE UM ASSASSINO (Henry: Portrait of a Serial Killer, 1986, 82 min.)


Henry é um rapaz que sofre de um distúrbio que o leva a matar pessoas de formas bárbaras. Quando o colega e sua irmã, que também sofrem de perturbações psicológicas, descobrem seus feitos, são atraídos pela violência, mas ao mesmo tempo se tornam vítimas em potencial. Baseado na vida do serial killer, Henry Lee Lucas. Com Michael Rooker, Tracy Arnold, Tom Towles.


- DERANGED – CONFISSÕES DE UM NECRÓFILO (Deranged, 1974, 83 min.)


Um homem que vive na parte rural de Wisconsin cuida de sua mãe que é muito dominadora e ensina que todas as mulheres são más, após a morte dela, ele começa a fazer as coisas mais escabrosas que se pode imaginar. Baseado na história verídica de Ed Gein (inspiração para os personagens de Norman Bates, de Psicose; e do Leatherface, de Massacre da Serra Elétrica). Roberts Blossom, Cosette Lee, Leslie Carlson.


Disco 2:

- LUA DE MEL DE ASSASSINOS (The Honeymoon Killers, 1969, 107 min.)



Baseado na história verídica de Raymond Fernandez e Martha Beck, que se encontram por correspondência. Ray é invasor, selvagem e não confiável​​; Martha é enorme, compulsiva e necessitada. Juntos, começam a atrair mulheres para roubá-las e matá-las. Shirley Stoler, Tony Lo Bianco, Mary Jane Higby.


- O ESTRANGULADOR DE RILLINGTON PLACE (10 Rillington Place, 1971, 111 min.)


A história real de John Christie (Richard Attenborough), o serial killer que chocou a Inglaterra no início dos anos 50, um dos maiores de todos os tempos, é também a história de Tim Evans (John Hurt), marido de uma das vítimas, que se torna o único suspeito da onda de assassinatos.  Richard Attenborough, John Hurt, Judy Geeson.


Disco 3:

- O MANIACO (Maniac, 1980, 88 min.)


Um assassino em série esquizofrénico persegue e mata várias jovens mulheres em Nova York, que ele vê como uma vingança dos maus tratos que sofreu ao ser criado por sua própria mãe abusadora. Com Joe Spinell, Caroline Munro, Abigail Clayton.


Extras:

Entrevistas com Tom Savini, Scott Spiegel e Caroline Munro; O inédito documentário “O Serial Killer – Henry Lee Lucas”; Cenas delatadas de Henry – Retrato de um Assassino; Making of, depoimentos e muito mais!

O digistack está disponível nas melhores lojas do ramo, como a Livraria Cultura.


Postagens mais visitadas