Breaker Morant, 1980


Dirigido por Bruce Beresford, o mesmo de longas como Conduzindo Miss Daisy (1989) e Risco Duplo (1999), Breaker Morant é um filme australiano, considerado pelo History Channel como um dos melhores filmes de guerra de todos os tempos.


O filme se passa durante a Guerra dos Bôeres, em 1899, e conta a história verídica de três tenentes australianos que se juntaram ao exército britânico, porém foram acusados de crime de guerra, por ter matado um homem sem um julgamento justo. A Guerra dos Bôeres foram dois confrontos que ocorreram na África do Sul, envolvendo colonos de origem holandesa e francesa, os chamados bôeres, contra exército britânico, para se apoderar de minas de ouro e diamantes. A trama ocorre durante a segunda batalha.


A escolha ator britânico Edward Woodward como protagonista causou polêmica na época, por se tratar de um filme australiano, porém uma das justificativas utilizadas pelos realizadores foi que o próprio Harry 'Breaker' Morant, personagem principal e que da nome ao filme, era inglês.

O verdadeiro Breaker Morant

O filme aborda o julgamento dos três acusados, que haviam executado um homem ser ter provas de sua culpa pelo assassinato de outro oficial. Ao invés de ter um julgamento justo e formal, os três foram submetidos ao julgamento de um juri formado apenas por membros do exército britânico, num local improvisado na África do Sul. A alegação da defesa era que os réus estavam apenas cumprindo ordens e agindo conforme o estipulado nas normas do exército. Por conta deste caso, a Austrália nunca mais permitiu que seus soldados fossem julgados por uma corte britânica. 

O filme chegou ao Brasil no mês de março, lançado pela distribuidora Obras-Primas do Cinema, tendo como extras: Entrevista com o diretor Bruce Beresford; Entrevista com o diretor de fotografia Donald McAlpine. Entrevista com os atores Bryan Brown e Edward Woodward; Guerra dos Bôers, por Stephen Miller – Trailer Original. Para comprar, clique aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

A verdadeira Elise McKenna