Resenha: 36 Horas, 1965


Lançado em dvd no mês de agosto pela Classicline, o filme traz uma história eletrizante de espionagem ambientada na Segunda Guerra Mundial, em 1944. Major Pike, interpretado por James Garner, é enviado para Lisboa com intuito de encontrar-se com um espião infiltrado no exército alemão. Porém, após uma operação cuidadosamente planejada pelo lado inimigo, o Major acaba sendo capturado e levado para a Alemanha completamente sedado. Ao acordar, ele se depara com evidências de que passaram-se seis anos desde o incidente em Lisboa e que agora ele se encontra a salvo em uma base americana. O plano dos alemães, idealizado pelo Major Walter Gerber, vivido por Rod Taylor, é fazer com que o Major Pike pense estar com amnésia, tendo esquecido os últimos seis anos, incluindo o final da Guerra, para que ele acredite estar seguro e assim revelar os planos dos aliados. Para isso, uma sofisticada base americana falsa é armada, e o Major Pike tem seus cabelos pintados para ficarem grisalhos e sua visão embaçada, para que a passagem do tempo pareça verídica.


O Major Walter Gerber tem um prazo de 36 horas para fazer com que seu plano dê certo, fazendo com que o Major Pike revele as informações confidenciais, e para isso conta com a ajuda da enfermeira Anna Hedler (Eva Marie Saint). Inicia-se uma corrida contra o tempo, onde o lado alemão quer as informações de seu prisioneiro e o Major terá que lutar para escapar de seus captores. Um filme inteligente e criativo, que prende a atenção do início ao fim. 



O elenco

O filme conta com um elenco afiado, encabeçado por três excelentes atores: 

James Garner

Com uma extensa carreira no cinema, o ator fez filmes como Grand Prix, também ao lado de Eva Marie Saint, Fugindo do Inferno e Victor ou Victória, dentre muitos outros, além de ter feito sucesso na tv com a série Maverick. 


Eva Marie Saint

Vencedora do Oscar de Atriz Coadjuvante de 1954, por sua performance em Sindicato de Ladrões, a atriz trabalhou ao lado de Cary Grant e Alfred Hitchcock no clássico Intriga Internacional, além de outros importantes filmes como Adeus às Ilusões, Árvore da Vida e Exodus.


Rod Taylor

Bastante versátil, o ator estrelou o clássico A Máquina do Tempo e atuou ao lado de grandes nomes em filmes como Os Pássaros, dirigido por Alfred Hitchcock,  Gente Muito Importante, com Elizabeth Taylor e Richard Burton, além da comédia A Espiã de Calcinha de Renda, ao lado de Doris Day.


Você pode encontrar o filme no site da classicline, ou em lojas como colecioneclassicos e livraria folha. Para mais informações, entre em contato aqui

Clique aqui para ver os lançamentos do mês de agosto da Classicline. 

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

A verdadeira Elise McKenna