Curiosidades e fotos de bastidores de A Princesa e o Plebeu, 1953


Roman Holiday, que em português recebeu o título de A Princesa e o Plebeu, é um filme de 1953, que marca a estreia de Audrey Hepburn em Hollywood, e que lhe rendeu o Oscar de Melhor Atriz. 

Cary Grant foi inicialmente cotado para ser o protagonista masculino, mas recusou por achar que a real protagonista do filme era a princesa, e que ficaria em segundo plano. Assim, o papel de Joe Bradley acabou ficando com Gregory Peck. 


Atrizes como Elizabeth Taylor e Jean Simmons foram cogitadas para o papel de Princesa Ann, mas nenhuma das duas pode participar da produção e uma novata magricela que eu amo acabou se tornando a estrela do filme. Era Audrey Hepburn. Gregory Peck ficou tão impressionado com sua atuação, que insistiu para que o nome da atriz aparecesse em primeiro lugar, na frente do seu, porque sabia que ela se tornaria uma estrela, possivelmente ganharia o Oscar em sua estréia.


O filme conta a história de uma princesa que, entediada com sua rotina cuidadosamente planejada, decide fugir e se divertir por um dia. E é assim que ela conhece Joe Bradley, um jornalista que pretende se aproveitar de sua ingenuidade para escrever uma reportagem, com muitas fotos tiradas escondidas, da fuga da princesa e de sua diversão por Roma. Mas tudo pode mudar quando ele acaba se apaixonando por ela.

Divertido e despretensioso, ideal para quem procura um filme leve e gostoso de assistir. Sou suspeita, mas o casal principal é maravilhoso em cena e conquista logo de cara. Audrey Hepburn e Gregory Peck se tornaram grandes amigos durante as gravações, e essa harmonia é transmitida ao assistirmos o filme.

Fotos de bastidores:

Gregory Peck fotografado pouco depois de ter terminado a cena infame onde finge que sua mão foi arrancada na boca de uma escultura em pedra, assustando Audrey Hepburn. Peck disse ao diretor William Wyler o que pretendia fazer e pediu para que nada fosse dito para Audrey. Quando Gregory puxou o braço para fora, com a mão escondida na manga, o horror e a surpresa de Audrey foram genuínos. A cena foi filmana em uma única tomada. via

Audrey Hepburn (com a figurinista Edith Head ao fundo, de costas) colocando a tiara e o colar de sua personagem. via

Audrey Hepburn e Gregory Peck jogando cartas no intervalo das gravações. via

Durante as gravações de uma das cenas. via



Audrey Hepburn se preparando para as gravações via


E, por fim, uma colorida, durante as gravações de uma das cenas.

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

20 Funko Pops de filmes pra você se apaixonar