domingo, 8 de agosto de 2021

Filmes clássicos sobre pais

Aqui no blog já temos uma lista com 'Filmes clássicos sobre mães', então nada mais justo do que termos também uma versão para os pais. Os clássicos são o foco e a intenção não é colocar todos os longas já realizados sobre o tema, apenas alguns deles, por isso vou deixar ao final do post algumas menções honrosas, mas sintam-se a vontade para comentar seus favoritos e também os que ficaram de fora da matéria.

O Pai da Noiva (Father of the Bride, 1950)


Spencer Tracy protagoniza o longa ao lado de Joan Bennett, interpretando um pai que entra em crise existencial ao se dar conta de que sua garotinha, vivida por Elizabeth Taylor, se tornou uma adulta e irá se casar. O longa ganhou uma sequência, intitulada 'O Netinho do Papai' (Father's Little Dividend, 1951), onde, um ano após o conflito do protagonista com o casamento de sua filha, ele precisará lidar agora com o fato de se tornar avô de primeira viagem. Em 1991, a história ganhou um remake homônimo, estrelado por Steve Martin, Diane Keaton e Kimberly Williams-Paisley, e também uma sequência, 'O Pai da Noiva 2 (Father of the Bride Part II, 1995).

Kramer vs. Kramer (1979)


Dustin Hoffman interpreta Ted Kramer, um homem que se dedica mais ao trabalho do que a esposa e ao filho. Cansada de seu casamento, Joanna Kramer (Meryl Streep) decide sair de casa, deixando para trás não só o marido mas também seu filho. Após se ajustar à sua nova vida como pai solteiro, Ted se depara com a volta de Joanna, que quer a guarda do filho, e os dois acabam indo para o tribunal resolver a situação. O longa rendeu uma indicação ao Oscar para o pequeno Justin Henry, além da primeira estatueta tanto de Dustin Hoffman (na categoria principal) quanto de Meryl Streep (como coadjuvante), vencendo também como melhor filme, melhor diretor e melhor roteiro adaptado, ambas para Robert Benton.

Papai Batuta (Cheaper by the Dozen, 1950)


Baseado na história real da família Gilbreth, o filme é ambientado na década de 20 e mostra a divertida e caótica rotina de um casal com 12 filhos, onde o pai, um engenheiro de eficiência, educa as crianças de maneira pouco ortodoxa. O enredo foi adaptado do livro autobiográfico de mesmo nome, escrito por Frank Bunker Gilbreth Jr. e Ernestine Gilbreth Carey. No elenco estão Clifton Webb, Jeanne Crain e Myrna Loy. Em 2003, foi produzido o longa 'Doze é Demais' (Cheaper by the Dozen), vagamente inspirado no livro dos irmãos Gilbreth.

Nossa Vida com Papai (Life with Father, 1947)


No final do século XIX, em Nova York, o corretor de corretor de Wall Street Clarence acha que é o homem quem deve mandar na casa. No entanto, é sua esposa Vinnie quem dá as cartas na família. Ao ver que os filhos estão pensando em namorar e criando alguns problemas, ele decide fazer algumas mudanças para melhorar a dinâmica de seu lar. Protagonizado pelos veteranos William Powell e Irene Dunne, o elenco também conta com uma jovem Elizabeth Taylor.

O Sol é Para Todos (To Kill A Mockingbird, 1962)


Baseado no clássico de Harper Lee, a produção gira em torno do advogado Atticus Finch, que decide defender um homem negro da acusação de estupro em uma cidade dominada pelo preconceito durante a década de 30. Contada sobre a perspectiva da pequena Louise, tem como tema a discussão sobre o racismo, além da relação de carinho e admiração entre pai e filha. Gregory Peck ganhou o único Oscar de sua carreira por seu desempenho.

Marujo Intrépido (Captains Courageous, 1937)


Com um elenco de peso, encabeçado por Freddie Bartholomew e Spencer Tracy, vencedor do Oscar por seu desempenho, o longa narra as aventuras de um garoto mimado que é salvo por um pescador após cair no mar durante uma viagem. Filho de um magnata que não lhe da muita atenção, ele acaba desenvolvendo uma forte ligação com o pescador, mais profunda do que a que tem com seu próprio pai.

Ladrões de Bicicleta (Ladri di biciclette, 1948)


Antonio Ricci (Lamberto Maggiorani) se vê desempregado em uma Itália devastada após o final da Segunda Guerra. Quando as coisas finalmente parecem melhorar e ele consegue um emprego, sua bicicleta acaba sendo roubada. Sabendo que sem o seu meio de transporte será impossível trabalhar, ele parte em busca do ladrão ao lado de seu fiel companheiro, o filho Bruno (Enzo Staiola).

O Garoto (The Kid, 1921)


Uma das grandes obras de Charlie Chaplin, o filme começa com uma mãe abandonando seu bebê por não ter condições de cria-lo. A criança acaba sendo colocada em uma lata de lixo por terceiros e é encontrada pelo mais famoso vagabundo do cinema. Sem saber o que fazer, ele decide criar o garoto e os dois desenvolvem uma relação de pai e filho, aplicando pequenos golpes para ganhar uns trocados. No entanto, um orfanato local tenta separar os dois, tirando o menino de seu tutor, enquanto - paralelamente - a mãe, agora uma famosa cantora, tenta reencontrar seu filho.

Os Vúvos Também Sonham (A Hole in the Head, 1959)


Frank Sinatra vive Tony Manetta, um homem que parece ainda estar na adolescência, sempre rodeado de empreendimentos mirabolantes e relacionamentos sem futuro com mulheres bonitas. Apesar de sua falta de responsabilidade, seu filho Eddie tem profunda adoração por ele. Após pedir dinheiro emprestado para seu irmão mais velho, Tony recebe um ultimato para se casar com uma boa moça e dar um lar estável para seu filho, sob o risco de perder a guarda do garoto.

Bancando à Ama Seca (Rock-a-Bye Baby, 1958)


O atrapalhado Clayton Poole (Jerry Lewis) não consegue dizer 'não' ao pedido de sua amada Carla Naples. Seu amor platônico desde a infância, a bela tornou-se uma estrela de cinema que, após um casamento relâmpago com um toureiro, se vê grávida de trigêmeos. Para não destruir sua carreira, ela acaba recorrendo ao sempre prestativo Clayton, sem revelar que se tratam de 3 crianças. O jovem então acaba tendo sua vida virada de cabeça para baixo e precisa lidar com fraldas, mamadeiras e bebês chorando o tempo todo.

O Papai Playboy (The Pleasure of His Company, 1961)


Biddeford "Pogo" Poole (Fred Astaire) é um típico bon vivant que passou os últimos anos viajando pelo mundo e curtindo as coisas boas da vida. Ao saber do casamento de sua filha, ele decide comparecer à cerimônia, indo visita-la alguns dias antes. Exultante com a presença de seu pai, a jovem acaba se deixando levar por seu enorme carisma e começa a ficar em dúvida sobre seus sentimentos pelo noivo. O filme também conta com Debbie Reynolds, Lilli Palmer e Tab Hunter no elenco.

Lua de Papel (Paper Moon, 1973)


Uma órfã de mãe é deixada aos cuidados do vigarista Moses Pray. Determinado a levar a menina até uma tia para se livrar da responsabilidade, ele vai aplicando alguns golpes em viúvas durante a viagem para conseguir dinheiro. Logo a pequena Addie Loggins entende o estilo de vida de Moses e passa a ajuda-lo, dando mais credibilidade às suas artimanhas. O filme foi estrelado por Ryan e Tatum O'Neal, pai e filha na vida real. A atriz tornou-se a mais jovem vencedora do Oscar, ao receber a estatueta como coadjuvante.

Papai Precisa Casar (The Courtship of Eddie's Father, 1963)


Eddie quer que seu pai se case novamente e tenta dar uma de cupido, sem muito sucesso. Após desaprovar as namoradas escolhidas pelo pai, ele se esforça para junta-lo à sua simpática vizinha. A comédia é estrelada por Glenn Ford, Shirley Jones e Ron Howard, ainda na infância.

O Iluminado (The Shining, 1980)


E o troféu de melhor pai vai para.. rs Está certo que Jack Torrance tenta matar a família mas uma lista com filmes sobre pais não estaria completa sem 'O Iluminado'. O personagem, interpretado por Jack Nicholson, se torna o caseiro do Hotel Overlook, que permanece fechado durante todo o inverno devido às baixas temperaturas do local. Aspirante a escritor, Torrance aceita o emprego e vai com a esposa e o filho para o hotel, onde ele poderá aproveitar o tempo para escreveu seu livro. Mas a atmosfera sombria vai afetando os três membros, em especial Jack, que começa a demonstrar um comportamento cada vez mais agressivo, e seu filho Danny, que tem visões de assassinatos cometidos anos atrás no hotel. Shelley Duvall e Danny Lloyd completam o elenco do clássico de Stanley Kubrick baseado na obra-prima de Stephen King.

Papai Não Sabe Nada (Take Her, She's Mine, 1963)


Frank Michaelson (James Stewart) é um homem conservador e um pai extremamente protetor com sua filha Mollie (Sandra Dee), uma jovem atraente que foi estudar no exterior. Preocupado com o conteúdo das cartas enviadas pela filha, onde conta sobre seus amigos e suas aventuras, ele decide pegar um avião para investigar melhor o que anda acontecendo.

Gata em Teto de Zinco Quente (Cat on a Hot Tin Roof, 1958)


Big Daddy (Burt Ives) é o patriarca da família e está completando 65 anos de idade. Ao se deparar com a maturidade e com uma notícia desagradável, ele decide por um fim à hipocrisia que existe em sua casa e obriga seu filho favorito, o alcoólatra Brick (Paul Newman), a encarar os fantasmas de seu passado e a resolver de uma vez por todas seus problemas com a esposa Maggie (Elizabeth Taylor).

O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972)


Apesar de ser um filme sobre a máfia, é impossível não associa-lo à figura do patriarca e de sua relação com os filhos. Quando Don Corleone (Marlon Brando) é baleado por uma família rival, seus filhos precisam assumir o controle de seus negócios e planejar uma vingança. Michael (Al Pacino), filho favorito e que até então desprezava a profissão de seu pai, acaba se envolvendo diretamente na guerra da máfia em Nova York e herdando o título de Don que tanto o incomodava. Em ambas as sequências da trilogia, respectivamente de 1974 e 1990, com Michael agora como patriarca, o tema continua bastante presente. Brando venceu seu segundo Oscar por sua lendária atuação.

Manias de Gente Rica (A Successful Calamity, 1932)


Após voltar de viagem, o milionário Henry Wilton não gosta das novidades que encontra em sua casa. Para dar uma lição na família, ele finge que perdeu todo seu dinheiro e que agora está pobre. Para sua surpresa, seus filhos acabam tomando atitudes positivamente inesperadas mas desconfia que sua esposa planeja abandona-lo. Estrelado por George Arliss e Mary Astor.

Tarde Demais (The Heiress, 1949)


Apesar de ser uma moça doce e tímida, Catherine Sloper (Olivia de Havilland) é constantemente humilhada e controlada por seu pai, Dr. Austin Sloper (Ralph Richardson). Após se apaixonar por Morris Townsend (Montgomery Clift) em uma festa, a jovem faz planos com seu amado, mas seu pai planeja provar-lhe que o rapaz não passa de um interesseiro, já que com sua boa aparência jamais se encantaria por uma moça sem graça como a filha. Após sofrer uma desilusão e cansada da tirania do pai, Catherine se rebela e torna-se uma mulher fria. Olivia De Havilland venceu seu segundo Oscar pelo longa.

Vidas Amargas (East of Eden, 1955)


James Dean vive Cal Trask, um jovem que se ressente pela preferência de seu pai (Raymond Massey) por seu irmão Aaron (Richard Davalos). A rivalidade entre os irmãos aumenta quando Carl se apaixona por Abra (Julie Harris), namorada de Aaron. Para tentar chamar a atenção do pai e entender melhor suas origens, o rapaz decide procurar a mãe, que abandonou a família há anos atrás e agora trabalha como dona de um bordel. Primeiro papel de protagonista de James Dean, também foi o único que o astro viu estrear, já que seus outros dois trabalhos foram lançados postumamente. 



Algumas menções honrosas com filmes um pouco mais atuais, que não deixam de ser importantes: 'Desaparecido: Um Grande Mistério' (Missing, 1982) 'Férias Frustradas' (National Lampoon's Vacation, 1983), 'Três Solteirões e um Bebê' (Three Men and a Baby, 1987), 'Indiana Jones e a Última Cruzada' (Indiana Jones and the Last Crusade, 1989), 'Sintonia de Amor' (Sintonia de Amor (Sleepless in Seattle, 1993), 'Uma Babá Quase Perfeita' (Mrs. Doubtfire, 1993), 'Tempo de Matar' (A Time to Kill, 1996), 'O Mentiroso' (Liar Liar, 1997), 'Um Dia, Dois Pais' (Fathers' Day, 1997), 'Uma Lição de Amor' (I Am Sam, 2001), 'Sobre Meninos e Lobos' (Mystic River, 2003), 'Procurando Nemo' (Finding Nemo, 2003), 'À Procura da Felicidade' (The Pursuit of Happyness, 2006), 'Busca Implacável' (Taken, 2008), 'Os Descendentes' (The Descendants, 2011), 'Toda Forma de Amor' (Beginners, 2011), 'Os Suspeitos' (Prisoners, 2013), 'Interstellar' (2014), 'Capitão Fantástico' (Captain Fantastic, 2016) e 'Meu Pai' (The Father, 2020).

Nenhum comentário:

Postar um comentário