Os filmes de Grace Kelly

Considerada uma das atrizes mais belas e famosas de todos os tempos, Grace Kelly foi premiada com o Oscar e o Globo de ouro e atuou em um total de 11 filmes, até deixar a carreira artística e casar-se com o Príncipe de Mônaco, Rainier III.


Confira abaixo todos os filmes feitos pela atriz:

Horas Intermináveis (Fourteen Hours, 1951)


Um jovem, sem moral alguma com seus pais e com temor de não ser capaz de fazer sua namorada feliz, sobe no parapeito de um edifício com a intenção de cometer suicídio. Um policial faz todos os esforços para argumentar-lo a desistir disso.

Matar ou Morrer (High Noon, 1952)


Will Kane (Gary Cooper) é um xerife que fica sabendo na hora de seu casamento que ao meio-dia chegará um trem trazendo Frank Miller (Ian MacDonald), um criminoso que mandou para a cadeia e planeja se vingar. Apesar de Amy (Grace Kelly), sua noiva quaker, argumentar que devem ir embora, ele acha que fugirá para sempre se não enfrentar a situação. A população (com raras exceções) se refugia sem ajudá-lo, apesar dele pedir aos cidadãos para enfrentarem o pistoleiro e seus cúmplices.

Mogambo (1953)


No Quênia, o caçador Victor Marswell (Clark Gable) se envolve com Eloise Y. Kelly (Ava Gardner), uma mulher que se desencontrou de um marajá. Após a partida dela, Victor recebe Linda (Grace Kelly), a esposa do antropólogo Donald Nordley (Donald Sinden), que contratou seus serviços. As duas nunca deveriam ter se encontrado mas, após a chegada dos Nordley, um acidente faz com que Eloise seja obrigada a voltar para o acampamento, que logo é fechado, pois Donald quer ir para a região dos gorilas. Assim fica combinado que Eloise irá com eles e, em determinado ponto, seguirá seu próprio caminho. Porém no caminho de ambas está Victor.

Disque M para Matar (Dial M for Murder, 1954)


Em Londres, um ex-tenista profissional decide matar sua mulher, para poder herdar seu dinheiro e também como vingança por ela ter tido um affair um ano antes, com um escritor que vivia nos Estados Unidos mas que no momento está na cidade. Ele chantageia um colega de faculdade para estrangulá-la, dando a entender que o crime teria sido cometido por um ladrão. Mas quando algo sai muito errado, ele vê uma maneira de dar um rumo aos acontecimentos em proveito próprio.

Janela Indiscreta (Rear Window, 1954)


Em Greenwich Village, Nova York, L.B. Jeffries (James Stewart), um fotógrafo profissional, está confinado em seu apartamento por ter quebrado a perna enquanto trabalhava. Como não tem muitas opções de lazer, vasculha a vida dos seus vizinhos com um binóculo, quando vê alguns acontecimentos que o fazem suspeitar que um assassinato foi cometido.

As Pontes de Toko-Ri (The Bridges at Toko - Ri, 1954)


Nem todo piloto é capaz de conduzir seu avião de uma oscilante base marítima, localizar alvos sobrevoando um território coreano desconhecido e depois retornar para um distante ponto no oceano. Mas Harry Brubaker (William Holden), um desiludido reservista da Marinha, consegue fazer isso. Esta esplêndida história de um veterano da Segunda Guerra, que precisa abandonar sua família para combater novamente, combina as emoções do drama com a ação das batalhas aéreas. Estrelado também por Grace Kelly, como sua adorável e luminosa esposa.

Amar é Sofrer (The Country Girl, 1954)


Ator decadente e bêbado volta aos palcos com o apoio da esposa e de um diretor amigo. Na noite de estréia, ele faz sua melhor interpretação, para alívio de todos. O diretor se apaixona pela mulher do ator, mas é rejeitado. Baseado em peça de Clifford Odets, o filme levou os Oscars de melhor atriz e roteiro.

Tentação Verde (Green Fire, 1954)


Rian (Stewart Granger) é um aventureiro em busca de esmeraldas e acaba conhecendo Catherine (Grace Kelly), uma dona de plantação de café. Chega então o período das chuvas e o rio inunda a plantação de Catherine. A única solução de salva-la seria explodir a montanha onde encontram-se as pedras preciosas.

Ladrão de Casaca (To Catch a Thief, 1955)


O veterano ladrão de joias John Robie (Cary Grant), conhecido como "o Gato", se vê obrigado a voltar à ativa quando uma série de assaltos semelhantes aos que costumava praticar assusta seus vizinhos na Riviera Francesa e chama a atenção da polícia. Disposto a capturar o verdadeiro culpado e provar sua inocência, ele arma um plano que envolve a mimada e bela Frances Stevens (Grace Kelly).

O Cisne (The Swan, 1956)


Europa Central, 1910. Os dias de realeza da princesa Beatrice (Jessie Roce Landis) estão com os dias contados, a menos que sua única filha, a princesa Alexandra (Grace Kelly), cause uma boa impressão em um primo distante, Albert (Alec Guinness), um príncipe herdeiro que há 23 anos Beatrice não vê e que resolveu chegar repentinamente. Albert tem procurado uma noiva por toda a Europa. Ele está entediado em ter de rotineiramente namorar princesas e se mostra mais interessado no meio de ordenhar vacas, que existe na propriedade onde Alexandra mora, do que no jardim de rosas dela. Porém ele começa a sentir ciúmes de Nicholas Agi (Louis Jourdan), o tutor de Alexandra, pois sente claramente que ela está muito atraída por Nicholas e é correspondida.

Alta Sociedade (High Society, 1956)


Tracy Lord (Grace Kelly) está para se casar com George Kittredge (John Lund). C.K. Dexter-Haven (Bing Crosby), popular músico de jazz, seu ex-marido e atual vizinho, ainda tenta reconquistá-la de todas as maneiras, correndo contra o tempo para impedir o casório. A grande cerimônia chama a atenção da mídia e o repórter Mike Connor (Frank Sinatra) é um dos responsáveis por cobrir o evento. Ele, no entanto, acaba também se apaixonando por Tracy, que fica em dúvida entre os três pretendentes. Veja a resenha

Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

A verdadeira Elise McKenna