Resenha: O Vale das Bonecas, 1967



Clássico dos anos 60, O Vale das Bonecas (Valley Of The Dolls, 1967) chega ao Brasil pela primeira vez, lançado pelo selo Obras-Primas do Cinema. Estelado por Barbara Parkins, Patty Duke e Sharon Tate, com a participação de Susan Hayward, o filme conta a história de três jovens em busca do sucesso que acabam tendo suas vidas alteradas pelo uso de comprimidos, as chamadas 'bonecas'. 


O filme foi baseado no romance escrito por Jacqueline Susann, que se tornou um best-seller, vendendo mais de 30 milhões de cópias e sendo traduzido em mais de 20 línguas. Embora tanto o livro quanto o filme tenham recebido opiniões negativas da crítica especializada, ambos foram um grande sucesso de público, estando presentes até hoje na cultura popular. Considerado inovador por abordar assuntos polêmicos, a história retrata o abuso de remédios e o lado obscuro da fama. As personagens Neely O'Hara, interpretada por Patty Duke, e Helen Lawson, vivida por Susan Hayward, teriam sido inspiradas nas atrizes Judy Garland e Ethel Merman, respectivamente. A personagem de Sharon Tate, Jennifer North, também tem algumas semelhanças com atrizes como Carole Landis e Marilyn Monroe, enquanto a protagonista Anne Welles teria sido inspirada na própria Jacqueline.


A história:


O filme segue a vida das protagonistas, mostrando as dificuldades do início da carreira, o auge do sucesso, passando pelo abuso de comprimidos, comumente usados por artistas da época, até chegar ao desfecho de cada uma delas. A protagonista Anne Welles (Barbara Parkins) é uma jovem que vem para Nova York e começa a trabalhar numa agência que lida com os interesses de personalidades do show business, dentre elas a grande atriz Helen Lawson (Susan Hayward), que faz de tudo para se manter no auge e se ressente pelo talento de Neely O'Hara (Patty Duke), fazendo o possível para prejudica-la. Neely se torna uma estrela, porém o sucesso lhe sobe à cabeça e sua vida começa a ser afetada pelo constante uso das 'bonecas'. Completando o trio principal, Jennifer North (Sharon Tate) é uma corista com um belo corpo mas sem muito talento, fato sempre lembrado por sua mãe, e que luta para ganhar espaço no meio artístico enquanto tem que lidar com os problemas de saúde de seu marido. Em meio a tudo isso, as amigas acabam fazendo uso de remédios para suportar as dificuldades e esquecer dos problemas.


O filme tem a cara dos anos 60 e é interessante perceber o começo da transição para a década de 70 através dos figurinos e penteados típicos deste período. Se engana quem pensa tratar-se de um filme 'bobo', pois embora seja um tanto exagerado, a temática é bastante polêmica, tratando de vários tabus da época, como abuso de remédios, aborto e sexo, além de mostrar um lado nada glamouroso da vida artística. O longa tornou-se merecidamente um clássico cult, tendo sido o maior sucesso de 1967.

Patty Duke, Mark Robson (diretor), Lee Grant, David Weisbart (produtor), Jacqueline Susann (autora do livro) e Barbara Parkins durante as gravações. Via.

Curiosidades:


  • A atriz Judy Garland havia sido contratada para fazer a personagem Helen Lawson, tendo inclusive dado uma entrevista coletiva ao lado de Jacqueline Susann para falar de sua participação no longa, e feito testes de figurino. Porém, no primeiro dia de gravação, a atriz chegou atrasada e se trancou em seu camarim por horas devido aos seus problemas emocionais, o que acabou culminando em sua demissão. Ela foi substituída pela ganhadora do Oscar Susan Hayward. Veja fotos de Judy relacionadas ao filme aqui.

Judy Garland e Susan Hayward utilizando o figurino da personagem. 

  • Raquel Welch foi a primeira opção para a personagem Jennifer, mas recusou o papel com receio de ficar estereotipada apenas como um corpo bonito; Sharon Tate acabou sendo escalada em seu lugar;
  • O futuro astro Richard Dreyfuss faz uma pequena ponta no filme, como um assistente de direção que vai apressar a personagem Nelly em seu camarim. Outra presença é a da própria autora do livro, Jacqueline, que aparece durante alguns momentos, interpretando uma repórter que entrevista Anne;
  • Jacqueline Susann queria Bette Davis, Elvis Presley e Mia Farrow interpretando, respectivamente, Helen Lawson, Tony Polar e Anne Welles.
  • Barbara Parkins fez teste para interpretar a personagem Neely, porém o papel acabou ficando com Patty Duke, enquanto Barbara interpretou Anne Welles, a protagonista.

As atrizes:


Barbara Parkins


A atriz canadense fez sucesso principalmente na tv, com papéis nas séries Os Intocáveis, Perry Mason, Dr. Kildare e como Betty Anderson em A Caldeira do Diabo, pela qual foi indicada ao Emmy. 

Patty Duke


Atuando desde a infância, fez sucesso com a peça O Milagre de Anne Sullivan, repetindo o papel no filme de mesmo nome, pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante aos 16 anos. Posteriormente ganhou seu próprio programa de tv, The Patty Duke Show. Na tentativa de deixar o esteriótipo de atriz mirim para trás, ela decidiu interpretar a personagem Nelly em O Vale das Bonecas. Embora sua carreira tenha sido parcialmente abalada, conseguiu retomar o sucesso na tv, sendo premiada com o Emmy. 

Sharon Tate


Lembrada por seu destino trágico, a atriz foi casada com o diretor Roman Polanski e havia participado apenas de 7 filmes, dentre eles A Dança dos Vampiros, Não Faça Ondas e Arma Secreta contra Matt Helm. Por seu desempenho em O Vale das Bonecas, foi indicada ao Globo de Ouro de atriz mais promissora.

O DVD


Além de belíssimo, com destaque para Sharon Tate na capa, o dvd do filme vem recheado de extras, incluindo um documentário sobre a produção, com entrevistas das atrizes Barbara Parkins e Patty Duke, onde são reveladas várias curiosidades sobre as filmagens, além de um outro pequeno documentário, e os testes de tela de Sharon Tate para o papel de Jennifer, e de Barbara Parkins para o papel de Neely, que acabou sendo interpretado por Patty Duke. Também contém um card com foto de Sharon Tate e curiosidades na parte de dentro da capa.

Extras: Por Trás das Câmeras de O Vale das Bonecas (23:28 min.) / As Filmagens do Clássico O Vale das Bonecas (5:30 min.) / Testes de Câmera com Sharon Tate (2 min.) / Teste de Câmera com Barbara Parkins “Nelly” (7:24 min.) / Trailer Original (1:33 min.) / Galeria de fotos com figurinos
cenários e locações.

O dvd pode ser encontrado nas principais lojas virtuais, dentre elas: 2001video, Livraria Cultura e Colecione Clássicos

Assista o trailer do filme: 



Postagens mais visitadas deste blog

O filho que Alain Delon abortou

8 atores que se suicidaram

20 Funko Pops de filmes pra você se apaixonar