domingo, 21 de março de 2021

Filmes da última década com atores e atrizes clássicos


Vira e mexe estou mudando de canal e me deparo com filmes protagonizados ou com participação dos grandes astros e estrelas do cinema antigo. Por isso, pensei em fazer uma listinha rápida com alguns trabalhos atuais dos nossos queridinhos, para quem quiser assistir e descobrir mais sobre esta fase de suas carreiras:


Claudia Cardinale em 'Todos os Caminhos Levam a Roma' (All Roads Lead to Rome, 2015)


A atriz italiana continua na ativa, aparecendo principalmente em filmes de seu próprio país. Um de seus projetos mais recentes é 'Bronx' (2020), longa produzido pela Netflix, onde interpreta a personagem Catarina Bastiani. Na comédia romântica 'Todos os Caminhos Levam a Roma' (All Roads Lead to Rome, 2015), estrelado por Sarah Jessica Parker, ela vive a matriarca Carmen, uma senhora que foge junto com a filha adolescente da protagonista, para reencontrar um grande amor do passado.

Sophia Loren em 'Rosa e Momo' (La vita davanti, 2020)


Continuando com as musas italianas, Sophia Loren está oficialmente aposentada mas vira e mexe, quando um projeto lhe desperta interesse, acaba voltando às telas. A atriz apareceu mais recentemente no musical 'Nine' (2009) e no longa biográfico 'La mia casa è piena di specchi' (2010), onde interpreta sua mãe, Romilda Villani. Dirigida por seu filho Edoardo Ponti, a veterana volta a brilhar como Madame Rosa, uma mulher sobrevivente do holocausto que acolhe um menino negro que foi pego assaltando. Os dois acabam desenvolvendo uma forte relação de amizade e cumplicidade. O filme está do catálogo de originais da Netflix.

Joan Collins em 'Ainda Há Tempo' (The Time of Their Lives, 2017)


Joan Collins é outra que ainda está na ativa, ainda que em pequenas participações, principalmente em programas para a televisão. Em seu último longa, a atriz protagoniza ao lado de Pauline Collins uma espécie de 'Thelma e Louise' da terceira idade, só que sem a parte dos roubos! rs Joan vive uma ex-estrela de cinema, enquanto Pauline é uma tímida mãe de família em um casamento infeliz. As duas iniciam uma amizade repleta de discussões e partem em uma viagem de carro de Londres para a França, tentando recuperar o tempo perdido, cada uma com seus próprios motivos. O divertido longa também conta com Franco Nero no elenco.

Christopher Plummer em 'Entre Facas e Segredos' (Knives Out, 2019)


Outro longa bem divertido é 'Entre Facas e Segredos' (Knives Out, 2019), penúltimo trabalho do recém falecido Christopher Plummer. Com 217 créditos no IMDB, o ator era quase uma máquina de fazer filmes, aparecendo em média em duas a três produções ao ano. Vencedor do Oscar de Ator Coadjuvante por sua atuação em 'Toda Forma de Amor' (Beginners, 2010), Plummer chegou a substituir Kevin Spacey em 'Todo o Dinheiro do Mundo' (All the Money in the World, 2017), após as várias denúncias que culminaram em sua demissão; Aqui, ele interpreta o patriarca de uma próspera família em uma trama de assassinato e mistério no melhor estilo Agatha Christie. Em sua mansão, o romancista Harlan Thrombey reúne os filhos e netos para comemorar seu aniversário, mas a festa é interrompida de forma trágica quando ele é encontrado morto em seu escritório.


Dick Van Dyke e Angela Lansbury em 'O Retorno de Mary Poppins' (Mary Poppins Returns, 2018)


Estrelado agora por Emily Blunt, no papel que havia sido de Julie Andrews em 1964, 'O Retorno de Mary Poppins' (Mary Poppins Returns, 2018) traz novamente a babá mais famosa do cinema para ajudar a família Banks. A continuação é ambientada algumas décadas após a história mostrada no primeiro longa, com Mary Poppins sendo designada para cuidar dos filhos de Michael. O longa tem participações de Dick Van Dyke, que interpretou Bert na versão anterior, e da atriz Angela Lansburry.

Terence Stamp em 'Mistério no Mediterrâneo' (Murder Mystery, 2019)


Outro longa no estilo Agatha Christie que conta com um astro veterano como patriarca - e vítima de assassinato - é 'Mistério no Mediterrâneo' (Murder Mystery, 2019), comédia policial estrelada por Adam Sandler e Jennifer Aniston. O papel é interpretado por Terence Stamp, outra figurinha fácil em diversos filmes atuais. O longa é centrado em um casal de classe média que acaba sendo convidado para um final de semana a bordo de um luxuoso iate, onde ocorre a festa de um milionário excêntrico e tirano (Stamp) que, para variar, termina em tragédia. Cabe ao atrapalhado casal investigar quem é o criminoso em meio à gananciosa família do morto. 

Jane Fonda e Robert Redford em 'Nossas Noites' (Our Souls at Night, 2017)


Repetindo a parceria de 'Descalços no Parque' (Barefoot in the Park, 1967), 'A Caçada Humana' (The Chase, 1966) e O Cavaleiro Elétrico (The Electric Horseman, 1979), Robert Redford e Jane Fonda voltaram a atuar juntos em 'Nossas Noites' (Our Souls at Night, 2017), drama sobre dois viúvos solitários que decidem fazer companhia um ao outro todas as noites, sem envolvimento sexual. Aos poucos, os dois começam a intensificar a relação, que é fortemente desaprovada pelo filho dela.

Eva Marie Saint em 'Mariette in Ecstasy' (2019)


Eva Marie Saint faz eventuais participações em longas, estando afastada das telas desde 'Um Conto do Destino' (Winter's Tale, 2014). No papel de uma madre, ela retornou ao cinema em 2019, no filme 'Mariette in Ecstasy', baseado na obra homônima escrita por Ron Hansen, sobre uma freira recém ordenada e seus dias em um convento.

Catherine Deneuve 'A Verdade' (La Verité/ The Truth, 2019)


Mais uma da lista que está mais ativa do que nunca é a francesa Catherine Deneuve, com cerca de dois a três trabalhos por ano. No longa 'A Verdade' (La Verité, 2019), ela interpreta uma atriz de sucesso que decide escrever um livro de memórias. Durante o lançamento da obra, sua filha retorna dos Estados Unidos, onde vive, para prestigiar a mãe, mas a mágoa e o péssimo relacionamento entre as duas vem à tona novamente.

Shirley MacLaine em 'A Última Palavra' (The Last Word, 2017)


A sempre maravilhosa Shirley MacLaine protagoniza o longa sobre uma mulher de negócios aposentada que, após saber que não lhe resta muito tempo devido a uma doença, decide escrever seu próprio obituário, contando com a ajuda de uma jovem escritora. Insatisfeita com os resultados, ela decide reescrever sua história e sai em uma aventura; Recentemente, a atriz também apareceu em 'A Pequena Sereia' (The Little Mermaid, 2018) e 'Noelle' (2019).

Bônus:

Julie Andrews em 'Bridgerton' (2020)


Série aclamadíssima da Netflix, baseada nos livros da escritora Julia Quinn, 'Bridgerton' conta com a presença ilustre de Julie Andrews, como a narradora da história, Lady Whistledown, responsável por espalhar as fofocas da elite no período da regência britânica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário